Como receber de volta o dinheiro do cartão clonado

Quem tem um conta bancária precisa estar sempre de olho no extrato e saldo disponível. Além de ajudar no controle financeiro, esse tipo de consulta pode servir também como ferramenta de segurança. Mesmo com toda a tecnologia existente na atualidade, as fraudes ainda são mais comuns do que imaginamos. Por isso, saber de todas as movimentações feitas na conta é a melhor maneira de garantir que ninguém tem usado seu dinheiro ilicitamente.

Um dos problemas mais recorrentes é a clonagem de cartão. Os criminosos se apropriam dos dados do correntista, usando-os para realizar saques e até mesmo compras no cartão de crédito. Na maior parte dos casos, o consumidor só percebe que foi lesado depois de algum tempo, quando nota o rombo no saldo da conta. O que fazer nessas situações é o que você irá aprender nas linhas seguintes.

Responsabilidade dos Bancos

A segurança do cliente em todas as transações é uma obrigação dos bancos. Assim, quando uma fraude ou clonagem acontece, a instituição financeira deverá efetuar o ressarcimento de todos os prejuízos sofridos pelo correntista. Por causa disso, muitos bancos costumam bloquear o cartão do cliente sempre que há algum tipo de suspeita. Esse tipo de medida é tomada quando as movimentações são atípicas, ou seja, quando são feitas compras e retiradas fora do normal.

Cartão Clonado

Saiba o que fazer caso o seu cartão de crédito seja clonado

Conversando com alguns familiares ontem, uma tia e o marido de uma prima contaram que já passaram por essa situação. O banco entrou em contato para informar que havia suspeita de clonagem. Em um dos casos, o dono da conta tinha feito um saque em uma cidade e alguns minutos depois os bandidos fizeram outra retirada em outra cidade totalmente diferente. Esse foi o sinal para que o bando desconfiasse de uma fraude. O ressarcimento foi feito antes mesmo que o cliente se desse conta do problema.

O Que Fazer?

Ainda que haja a obrigação por parte dos bancos, nem sempre é tão fácil conseguir receber o dinheiro perdido. Outra situação que ouvi recentemente foi a de um cliente que teve R$10 mil reais gastos por outra pessoa em seu cartão de crédito do tipo “platinum”, mas não conseguiu receber o valor de volta porque o banco alegava que é impossível clonar um cartão de chip. A única forma de conseguir reaver o dinheiro foi entrando com uma ação no Juizado Especial.

O procedimento mais indicado para quem teve o cartão clonado é fazer uma ocorrência junto á polícia, reunir as provas de fraude e entrar em contato com o banco. O ideal é escrever uma carta de próprio punho informando o problema e solicitando a devolução dos valores. Uma segunda via do documento precisa ser protocolada no banco e guardada pelo cliente lesado.

Se a devolução não for feita, o próximo passo é procurar o Procon com a documentação que comprova a clonagem. Outra opção é abrir uma ação contra o banco no Juizado Especial Cível de sua região. Os valores devem ser corrigidos de acordo com o tempo de espera. No caso da fatura do cartão, o melhor é pagar as despesas indevidas e solicitar o ressarcimento em dobro.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como receber de volta o dinheiro do cartão clonado

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.