Tire Suas Dúvidas Sobre Conta Bancária

Hoje em dia é muito difícil não ter uma conta em banco. Além da segurança, essas instituições oferecem serviços que facilitam a vida do cliente, como cartões, linhas de crédito, transferências, pagamentos agendados, dentre outros. No entanto, para que essas vantagens valham a pena, é essencial que o cidadão tenha conhecimento sobre todas as condições de contratação de uma conta. Para esclarecer suas questões sobre esse serviço, preparamos um guia com perguntas e respostas. Veja qual é o tipo de conta mais adequada para o seu perfil, saiba o que é preciso para ser correntista de um banco e qual é o melhor procedimento para encerrar a relação com a instituição, além de outras informações importantes.

Quais são os tipos de conta bancária?

Aqui no Brasil, temos 3 tipos principais de conta bancária. A conta de depósito à vista, que é o tipo mais comum, geralmente chamado de conta correte. A conta de depósito de poupança, que funciona como uma aplicação com rendimento mensal. E por fim a conta salário, que foi criada para recebimento de salários, proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias, pensões e outro pagamentos similares. Essa modalidade não recebe outras formas de depósito nem pode ser movimentada por cheques.

A conta salário é uma boa opção quando a empresa em que você trabalha só realiza pagamento via uma instituição financeira. Nesse caso, você pode receber e transferir o dinheiro para outro banco sem custos. A conta poupança vale muito a pena quando você quer guardar um pouco de dinheiro para um fundo de emergência. Os custos desse tipo de conta são reduzidos e você aproveita os rendimentos mensais não movimentando a conta. A conta corrente é mais indicada para quem vai fazer movimentações de todos os tipos.

Conta em Banco

Conta em Banco

Como posso abrir uma conta?

Toda abertura de conta pressupõe um contrato entre o cliente e uma instituição financeira. Isso quer dizer que para abrir uma conta é necessário procurar uma agência ou ponto de atendimento para que seja firmado o contrato. Para pessoa física, geralmente é necessário apresentar os seguintes documentos:

  • CPF
  • documento de identificação
  • comprovante de residência

Já para pessoas jurídicas, os documentos exigidos são:

  • documento de constituição da empresa (contrato social e registro na junta comercial);
  • documentos que qualifiquem e autorizem os representantes, mandatários ou prepostos a movimentar a conta;
  • inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

O banco também pode fazer outras exigência, a seu critério. Pela legislação, a instituição financeira não é obrigada a abrir uma conta, nem mantê-la. O consumidor, por sua vez, tem o direito de escolher em qual banco quer ter conta e guardar seu dinheiro.

O que devo saber sobre a minha conta?

No ato de abertura da conta, antes da assinatura do conta, o cidadão deve receber todas as informações relevantes a respeito dos serviços prestados, como:

  • quais são as condições para fornecimento de talão de cheques;
  • necessidade de comunicação pelo depositante, por escrito, quando houver mudança nos dados cadastrais (endereço e telefone);
  • valor de todas as tarifas de serviços, incluindo a informação de que alguns serviços não podem ser cobrados segundo determinação do Bacen;
  • se há exigência de saldo mínimo para manutenção da conta e qual é esse saldo.

O contrato deve apresentar todas essas informações em suas cláusulas e, caso tenha dúvidas, a pessoa pode pedir esclarecimento a respeito de pontos não compreendidos do documento antes de assiná-lo.

Menores de 18 anos podem ter uma conta?

Sim. Quando o jovem tem entre 16 e 18 e não é emancipado, é necessário que ela seja assistido pelo pai, mãe ou responsável legal para que a conta seja aberta. Já para jovens com menos de 16 anos, o pai, mãe ou responsável legal precisa representar o adolescente. O ideal, nesse caso, é conversar com o gerente do banco onde a conta será aberta para que possível dúvidas jurídicas sejam esclarecidas. Em resumo, existe a possibilidade de abertura de conta por um menor de idade, mas o processo é um pouco mais complicado em termos legais e deve ser esclarecido com um profissional do banco.

O banco pode debitar valores da minha conta?

O banco só pode debitar valores previamente autorizados pelo cliente. O contrato de abertura de conta prevê alguns débitos. Assim, quando o cliente assina o contrato ele está autorizando a instituição a fazer esses descontos automaticamente. Outros contatos, como por exemplos de empréstimos e financiamentos, também podem conter cláusulas autorizando os débitos de parcelas diretamente do saldo da conta. Por isso é tão importante ler o contratos com atenção antes de assiná-los. Ainda assim, se você observar qualquer desconto em sua conta que não tenha sido devidamente autorizado, entre em contato com o banco para saber o que está acontecendo.

Quais são os cuidados necessários ao se abrir uma conta?

Para evitar futuras dores de cabeça, o cidadão deve estar atento a alguma questões quando for abrir uma conta corrente. O primeiro deles é a leitura atenta do contrato, mesmo que seja necessário levar o documento para a casa, ler com atenção e depois voltar ao banco para assiná-lo. Também é fundamental, como comentamos antes, esclarecer todas as dúvidas sobre tarifas, serviços e etc. Depois que assinar o contrato, peça uma cópia do documento e mantenha-o guardado em um local seguro, pois essa é a sua “prova” dos termos da contratação.

Como encerrar uma conta bancária?

O encerramento da conta pode ser feito a qualquer momento tanto pelo cliente quanto pelo banco. Quando o usuário da conta quiser fechá-la, é necessário enviar um comunicado por escrito solicitando o encerramento e guardar o protocolo do pedido. Essa solicitação também pode ser feita diretamente no banco, com o gerente responsável pela conta. Além disso, o cliente precisa:

Quando a iniciativa do encerramento for sua, você deverá observar os seguintes cuidados:

  • verificar se todos os cheques emitidos já foram compensados;
  • devolver ao banco os cheques que ainda tiver em mãos;
  • caso tenha contas em débito automático, solicitar o cancelamento do serviço;
  • manter saldo suficiente na conta para cobrir tarifas pendentes.

Com todos esses procedimentos feitos, a conta pode ser encerrada adequadamente.


RSS por email

Deixe sua opinião “Tire Suas Dúvidas Sobre Conta Bancária

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.