Transferência de Limite de Crédito no Itaú

Os bancos utilizam diversos critérios para fazer uma análise de crédito dos seus clientes. A ideia por trás desse tipo de análise é verificar o risco de se emprestar dinheiro para determinada pessoa.

Para que você entenda melhor, basta pensar na seguinte situação: se uma amigo que vive endividado, está com o nome sujo, atrasa o pagamento de contas e não tem emprego te pede um dinheiro emprestado, você empresta? Por outro lado, se a pessoa mantém as contas sempre em dia, é um bom pagador e possui uma renda suficiente, as chances de você emprestar dinheiro a ela são maiores, não é mesmo? Os bancos agem da mesma forma, mas possuem fórmulas e cálculos para medir isso que a gente mede com base na experiência.

A partir da análise de risco de crédito, o banco determina o valor máximo que está disposto a emprestar. Então, distribui esse limite entre diferentes formas de crédito: financiamento, cheque especial, cartão de crédito e empréstimos.

Porém, se não quer usar, por exemplo, o cheque especial, uma parte do limite se perde. Por isso, alguns bancos permitem que o próprio cliente decida com seu limite será distribuído entre esses serviços serviços de crédito.

Transferência de Limites

A transferência de limites permite que você aumente seu limite de crédito no cartão ou possa pegar mais dinheiro emprestado.

Transferência de Limite no Itaú

O Itaú é um dos pioneiros nessa possibilidade de transferência. Segundo o banco:

A Transferência de Limites é uma funcionalidade criada para que você tenha a liberdade de utilizar seus limites de crédito de acordo com suas necessidades, transferindo os limites dos produtos que menos utiliza para os que mais precisa.

As principais vantagens da funcionalidade são:

  • Possibilidade de aumentar os limites nos produtos mais usados de acordo com as suas necessidades individuais.
  • Redução nos juros com a transferência de limites para serviços que tem taxas menores, como por exemplo, o crédito pessoal em detrimento do cheque especial.
  •  Crédito com aprovação na hora, sem necessidade de ir até a agência e como possibilidade de uso imediato;
  • A transferência de limites pode ser feitas nos caixas eletrônicos do Itaú, pelo internet banking ou diretamente nas agências;
  • O serviço de transferência é totalmente gratuito, havendo apenas as cobranças relativos ao uso do crédito em questão.

Dessa forma, o correntista do Itaú consegue controlar melhor o modo como usará seus limites. Antes de uma viagem, por exemplo, é possível transferir o limite do cheque especial para o cartão de crédito que será usado em compras. Dessa forma, seu limite aumenta na hora, sem tarifas adicionais.

 Aumentar o Limite do meu Cartão Itaucard

Uma das formas mais interessantes de usar esse recurso é aumentando o limite do cartão de crédito. Se você paga sua fatura no valor integral e sem atrasos, esse é um limite isento de tarifas (pensando que o valor da anuidade será o mesmo independente do limite de crédito). Para aumentar o limite do seu Itaucard, basta solicitar a transferência dos demais produtos para o cartão, mas não se esqueça de que esse valor deve ser adequado à sua renda.

Os serviços que disponíveis para a transferência são: cheque especial (LIS), cartão de crédito e empréstimo pessoal. Vale destacar ainda que o Itaú não garante o restabelecimento dos limites para o que era antes da transferência. Além disso, o banco pode, a qualquer momento, reduzir ou aumentar os seus limites de crédito de acordo com as análises de risco feitas periodicamente.

Para saber mais sobre o serviço de transferência, sugerimos que você leia o arquivo explicativo disponibilizado pelo Itaú: https://ww2.itau.com.br/hotsites/itau/creditoconsciente/pdf/transferencia-de-limites.pdf. Em caso de dúvida, converse com o seu gerente do banco Itaú.


RSS por email

Deixe sua opinião “Transferência de Limite de Crédito no Itaú

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.