Autônomo Pode Aceitar Cartão de Crédito?

O profissional autônomo é aquele que trabalha por contra própria, sem estar vinculado a uma empresa. Ele é uma pessoa física que presta serviços eventuais para empresas ou outras pessoas físicas. Segundo a Wikipedia:

O trabalhador autônomo não é subordinado, não tem patrão, não tem horário de trabalho fixo e, portanto, não tem direito a verbas trabalhistas (décimo terceiro salário, férias, folga semanal remunerada etc.) mas apenas a direitos previdenciários.

Aqui no Brasil temos vários trabalhadores que atuam como autônomos, como taxistas, pedreiros, manicures, encanadores, pintores, faxineiros e outras profissões semelhantes. Em muitos casos, essas pessoas são mais bem remuneradas que trabalhadores formais, porém podem encontrar dificuldades ao necessitar de serviços financeiros.

Trabalhadores autônomos podem adquirir uma máquina de cartão?

Sim. Apesar de algumas dificuldades, o trabalhador autônomo pode se credenciar para receber pagamentos por meio de uma máquina de cartão. Empresas como a Cielo e a Rede exigem, para tanto, que eles sejam devidamente registrados segundo as legislações específicas de cada município. Essa exigência pode tornar o credenciamento bem complicado para quem trabalha sem alvará ou algum tipo de registro na prefeitura. Outra questão importante a ser pensada são os custos dessas maquininhas, pois o contrato prevê cobrança de aluguel, taxa de adesão e uma porcentagem sobre cada transação realizada. Assim, quando o volume de recebimentos é pequeno, todos esses custos tornam o uso da maquininha impraticável.

Máquina de cartão

Será que vale a pena aderir a uma máquina de cartão?

Quais são as opções de recebimento de cartão para pessoas físicas?

Os leitores de cartão são ótimas opções para quem quer receber pagamentos com cartão de modo menos burocrático. Eles são acoplados a smartphones e tablets para que os dados do cartão possam ser lidos de forma prática e segura. Veja algumas opções:

Com esses leitores, é possível receber pagamentos no débito ou crédito (nem todos aceitam a modalidade débito) com cobrança de taxa sobre cada transação. Também é preciso pagar pelo leitor, que tem custos variados. A transação geralmente é feita por meio de um aplicativo e o comprovante de pagamento é enviado ao comprador por SMS.

Vale a pena aceitar pagamentos com cartão?

Essa é uma pergunta importante para profissionais autônomos que pensam em adquirir uma máquina ou um leitor de cartão. Como muitos consumidores utilizam os cartões de crédito ou débito, o autônomo que possibilita o pagamento dessa forma pode ampliar seus recebimentos. No entanto, é fundamental que se pense nos custos desse tipo de serviço, como comentamos anteriormente.

Como o pagamento de aluguel, as maquininhas se tornam menos atrativas para quem não recebe muitos pagamentos com cartão. Já os leitores podem sair mais em conta, desde que a porcentagem sobre as vendas seja compensada pelo aumento no volume de pagamentos. Para quem prestas serviços online, os mediadores de pagamento são boas opções.

Outro ponto a ser pensado é o prazo para recebimento dos valores, que varia bastante. Em alguns casos, a empresa intermediadora dos pagamentos pode levar até 30 dias para transferir para a conta do autônomo os valores recebidos na maquineta ou leitor. Esse prazo maior requer organização por parte do trabalhador na administração de suas finanças.


RSS por email

Deixe sua opinião “Autônomo Pode Aceitar Cartão de Crédito?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.