Cartão BNDES Para MEIs

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social tem como função principal estimular o crescimento econômico do país. Por isso, vários dos serviços oferecidos atendem às demandas de pequenos e médios empresários para que possam ampliar os próprios negócios. Um desses serviços é o Cartão BNDES, que funciona como uma linha de crédito empresarial.

Como funciona o Cartão BNDES?

O Cartão BNDES é como um cartão de crédito comum, porém com limite maior e mais tempo de prazo nas compras parceladas. Ele pode ser solicitados por micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e também por microempreendedores individuais (MEIs), desde que elas estejam em dia com o pagamento de impostos e atendam às exigências do banco emissor.

Para utilizar o crédito disponível no cartão, é necessário acessar o site: www.cartaobndes.gov.br. Lá é possível encontrar produtos por categorias, disponibilizados por fornecedores filiados ao BNDES. O processo de compra é indicado na página do produto escolhido, dependendo do fornecedor e das condições preestabelecidas.

Principais vantagens

O Cartão BNDES pode ser uma alternativa de crédito interessante para MPMEs e MEIs, porque os juros são bastante competitivos. Veja as principais vantagens:

  • limite de crédito de até R$1 milhão, conforme análise feita pelo banco emissor;
  • parcelamento das despesas em até 48 vezes;
  • juros mais baixos que o de outras linhas de crédito (atualmente 1,1% ao mês).
Cartão BNDES

Cartão BNDES

Vale destacar que o limite de crédito dependerá das características de cada empresa. Para os cartões emitidos pela Caixa Econômica Federal, os parcelamentos serão feitos em 3, 6, 12, 18, 24, 30, 36, 42 ou 48 parcelas, à escolha do usuário do cartão.

Bancos emissores

O Cartão BNDES atualmente é emitido pelos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banrisul
  • Bradesco
  • BRDE
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaú, Santander
  • Sicoob
  • Sicredi

Para Microempreendedor Individual

Conforme comentamos antes, o Cartão BNDES pode ser solicitado por microempreendedores individuais que estejam devidamente formalizados, ou seja, que possuam um CNPJ. Também é preciso que a empresa exerça atividades compatíveis com as Políticas Operacionais e de Crédito do BNDES. Os documentos exigidos são:

  • Certidão Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CND) ou Certidão Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CPEND);
  • Certificado de Regularidade do FGTS;
  • Comprovação de Regularidade da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O BNDES também exige uma declaração do solicitante atestando que a empresa está regularizada junto aos órgãos públicos pertinentes. O modelo para a declaração poderá ser obtido no site do Cartão BNDES.

Como fazer o cartão?

Para fazer o Cartão BNDES é necessário procurar um dos bancos emissores citados anteriormente. Cada um deles poderá estabelecer condições diferentes para concessão do cartão. Após o pedido, será feita uma análise de crédito para definição do limite. O cartão só será emitido se a análise for aprovada. Procure o gerente do banco para maiores informações.

Dica: caso o erro 57 apareça quando o Cartão BNDES for usado, é necessário entrar em contato com a central de atendimento do banco emissor para esclarecer qual é o problema. O número para contato pode ser encontrado no verso do cartão.


RSS por email

Deixe sua opinião “Cartão BNDES Para MEIs

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.