Cartão de Crédito para Aposentados

Durante o Governo Lula, o acesso ao crédito foi facilitado para aposentados e pensionistas com a criação do empréstimo e do cartão de crédito consignado. Em ambos os casos, a financeira pode debitar o pagamento diretamente da conta em que o benefício é depositado. Dessa forma, há uma maior garantia de recebimento da dívida, reduzindo, assim, os juros cobrados pela concessão do crédito. Hoje falaremos um pouco mais sobre as condições para contratação de um cartão de crédito por aposentados ou pensionistas.

Como Funciona

O objetivo da criação do cartão não é prejudicar os beneficiários do INSS. Ao contrário, o cartão foi criado para que os aposentados e pensionistas tenham mais facilidade ao crédito, pagando juros menores. Por essa razão, foram criadas várias regras que devem ser obedecidas pelos bancos e financeiras. Observe:

Cartão para Aposentados

Cartão para Aposentados – Cuidado com as dívidas!

  • O valor descontado em folha, no caso dos cartões de crédito, não poderá ser superior a 10% da renda mensal;
  • A contratação do cartão de crédito deve ser autorizada pelo aposentado ou pensionista através da assinatura de um contrato formal ou eletronicamente com um do cartão magnético e senha pessoal, não pode ser solicitado por terceiros, mesmo que sejam filhos;
  • Não é permitida a vinculação de cartões adicionais ao cartão titular do beneficiário;
  • Também ficam proibidas as cobranças de anuidade ou manutenção do cartão, o que é uma das maiores vantagens do cartão;
  • Será cobrada somente uma taxa única de emissão do cartão, limitada em R$15,00;
  • O limite para gastos deve ser inferior ao dobro do valor do benefício;
  • Não haverá cobrança de juros quando o aposentado ou pensionista efetuar o pagamento total da fatura;
  • Os juros do crédito rotativo não podem ser superiores a 3,5% ao mês;
  • A contratação de seguro contra perda ou roubo é opcional e não pode custar mais que R$3,90 ao ano.

Cuidados

Mesmo com todas essas regras, o beneficiário deve ficar atento para evitar as dívidas. É fundamental evitar o uso do cartão por outras pessoas, mesmo que sejam filhos ou parentes. O não pagamento das parcelas pode acumular dívidas que ficarão em nome do aposentado.

O aposentado ou pensionista também precisa tomar cuidado com as compras parceladas e uso do crédito rotativo, um recurso que só deve ser utilizado em casos de emergências. Uma dica importante é sempre analisar cautelosamente a fatura do cartão e entrar em contato com a administradora em caso de dúvidas. Lembre-se também que o INSS nunca entra em contato com os beneficiários para solicitar dados pessoais. Por isso, nunca forneça seus dados se receber alguma ligação ou e-mail com essa solicitação.

Se o beneficiário for um idoso e tiver dificuldades para entender contratos ou analisar faturas, deve-se pedir ajuda a alguém de confiança para verificar as cláusulas. É importante anotar a data de pagamento da fatura ou pedir alguém que fique responsável por esse serviço, caso o aposentado tenha dificuldade de se lembrar de datas.


RSS por email

1 Comentário em “Cartão de Crédito para Aposentados

  1. julio machado disse em 09/04/2014 às 11:36:

    acho uma boa tenho conta no banco do brasil e sou aposentado e gostaria de um cartão de crédito para aposentado

Deixe sua opinião “Cartão de Crédito para Aposentados

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.