Como Fazer um Acordo Para a Dívida do Cartão de Crédito?

O cartão de crédito é o grande vilão do endividamento entre os brasileiros. No entanto, a maior parte dos consumidores com dívida não sabem qual é a melhor forma de solucionar o problema. O acordo ou renegociação do valor devido costuma ser a solução para quem não tem condições de quitar o débito. A boa notícia é que muitos bancos já oferecem esse tipo de serviço pela internet, facilitando a vida do cliente e evitando constrangimentos.

Por que negociar a dívida?

A negociação é um bom caminho tanto para o endividado quanto para o credor. Com condições facilitadas de pagamento, fica bem mais fácil quitar o débito, até mesmo porque os juros param de correr. No site do Serasa, encontramos um caso bem interessante do devedor que conseguiu em uma negociação com o banco reduzir sua dívida em quase 70%. O valor total com juros e encargos era de R$ 3.094,02, mas ele conseguiu um acordo para pagar somente R$ 1.000,00 em 10 parcelas mensais. Exemplos como esses mostram como renegociar pode ser uma ótima opção, principalmente se você conseguir apresentar bons argumentos para reduzir o custo total da dívida.

Como fazer um acordo?

Se você possui dívidas com o cartão de crédito, é necessário procurar o banco ou financeira responsável para tentar um acordo que favoreça ambas as partes. Essas instituições geralmente aceitam negociar porque sabem que essa é uma forma de conseguir receber o valor pendente sem problemas judiciais. Para facilitar, disponibilizamos os links para renegociação pela internet com os principais bancos do país:

Acordo de Dívida

Dívidas com o cartão? Veja o que fazer!

Banco do Brasil

O Banco do Brasil oferece o BB Solução de Dívida para clientes que possuam débitos em relação ao cartão de crédito, empréstimos, cheque especial e outros serviços bancários. Com a ferramenta é possível consultar os valores devidos e conseguir propostas do banco para o parcelamento da dívida.

Bradesco

O Bradesco também disponibiliza uma ferramenta para regularização de dívidas. O serviço está disponível apenas para correntistas. Quem tem um cartão do banco e não possui conta precisa procurar uma agência mais próxima para tentar a negociação. Após o preenchimento do formulário o Bradesco entra em contato para tentar solucionar as pendências do cliente.

Caixa Econômica

No canal criado pela Caixa Econômica o cliente tem a possibilidade de enviar uma proposta de pagamento para avaliação do banco. Após essa solicitação a CEF entra em contato para possibilitar a negociação da melhor maneira possível. Para enviar a proposta, o cliente precisa ter em mãos o número do contrato do serviço pendente.

Itaú

O Itaú possui uma ferramenta específica para negociação de dívidas do cartão que pode ser usada tanto por correntistas quanto por não correntistas. Por meio dela o cliente pode saber qual é o valor total devido e conseguir uma proposta para pagamento facilitado. Além disso, o banco também oferece um canal para solução por telefone, nos números 4004 5533 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 722 5533 (demais regiões).

Santander

O Santander não oferece uma ferramenta de proposta online, mas possui uma Central de Renegociação. Para tanto, o cliente deve ligar para os números 4004 2262 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 704 3722 (demais regiões). Outra possibilidade é o contato via e-mail. Envie uma mensagem para negociacao@santander.com.br informando o seu CPF.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como Fazer um Acordo Para a Dívida do Cartão de Crédito?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.