Como funciona a compra em Dólar no Cartao de Crédito

Quando utilizamos o cartão em compras no exterior, é preciso que os gastos, feitos na moeda do país em que utilizamos o cartão, sejam convertidos para o real. Mas qual é a cotação do dólar usada para essa conversão? Quem usa o cartão de crédito para fazer compras no exterior já deve ter reparado que a cotação do dólar usada na fatura não é a mesma que vemos em noticiários e sites especializados.

Por isso, muitos usuários tem dúvidas em relação ao cálculo utilizado pelas operadoras de cartão e tentaremos explicar melhor como funciona a cotação do dólar no cartão de crédito.

A Cotação do Dólar

Dólar no Cartão de Crédito

Dólar no Cartão de Crédito

O cálculo para a cotação do dólar utilizado nas faturas de cartão de crédito é diferente do que vemos em empresas de comércio exterior, bancos e varejos. Nesses casos, utiliza-se como referência o dólar comercial, que é o valor utilizado para transações de comércio exterior e movimentação de recursos por empresas de importação e exportação. Já no caso das faturas de cartão, não há uma regra específica para a cotação do dólar que será utilizada. Assim, costuma-se utilizar a cotação do dólar comercial, acrescida de uma margem de ganho, também chamada de spread. Vale lembrar que no Brasil pratica-se o câmbio livre, de forma que qualquer instituição autorizada a comercializar moedas estrangeiras pode arbitrar o valor do dólar.

Por não serem obrigadas à demonstrar essas informações ao cliente, as administradoras de cartões e bancos não costumam ser claras em relação ao cálculo utilizado para determinar o valor da moeda que constará na fatura. Cada instituição opera com uma taxa diferente, o que dificulta o cálculo por parte do cliente.

Normalmente, o valor utilizado está entre a cotação do dólar comercial e a do dólar turismo. Como você já sabe, a cotação do dólar turismo é mais alta que a do dólar comercial e, em geral, os valores utilizados nas faturas estão mais próximos do dólar turismo.

Cartões

No entanto, esses valores variam de banco para banco, podendo ser menores ou maiores, de acordo com o cartão utilizado. Segundo pesquisa apresentada pela Folha em abril deste ano, o Bradesco e a American Express costumam utilizar valores mais próximos do dólar turismo. Já a Caixa Econômica e o Itaú usavam taxas mais próximas da cotação do dólar comercial. O Banco do Brasil e Santander apresentaram um valor médio, entre as cotações do dólar comercial e turismo.

Por isso, o ideal é verificar com as instituições financeiras responsáveis por seus cartões o valor utilizado nas faturas. Dessa forma, ao fazer viagens e compras no exterior, você pode escolher o cartão que usa a menor taxa de conversão. Além disso, se fizer muitas compras frequentes em moedas estrangeiras, talvez valha procurar uma instituição cujo valo do dólar seja o menor possível.

Valor na Fatura

Uma coisa relevante sobre as compras em dólar no cartão de crédito é que o valor pago pela compra não é definido pelo valor do dólar no dia da compra. Isso quer dizer que, do momento do uso do cartão em dólares até o fechamento da fatura e pagamento da mesma, a oscilação da moeda pode interferir no valor pago efetivamente, seja para mais, seja para menos.

Dolar no cartão

Exemplo de dólar no cartão

Imagine que sua fatura vença dia 25. Isso quer dizer que a data de fechamento é dia 15. Agora suponhamos que tenha feito a compra de USD $100,00 no ebay ou aliexpress em dólar no dia 01. Entre o dia primeiro e o fechamento da fatura, o valor do dólar pode oscilar e virá marcado em sua fatura um determinado valor, por exemplo, R$3,50. No entanto, além do dia de fechamento da fatura, há ainda o espaço de tempo entre o fechamento da fatura e o pagamento efetivo do cartão. Se no fechamento o dólar valia R$3,50, ele poderá custar R$4,00 no dia 25 (limite de pagamento da fatura). Sendo assim, se planejava uma compra de 350 reais, acabará pagando 50 reais a mais pela compra a ser compensada na próxima fatura. Por outro lado, se no dia 25 o dólar estiver mais baixo, suponhamos, R$3,00, isso quer dizer que sua compra será mais barata, custará apenas R$300,00 e você será estornado na diferença do valor?

Não é complicado, basta lembrar que, ao utilizar o cartão, você pagará o valor do dólar conforme cotação na data de pagamento e não na data da compra. Qualquer diferença que houver, estará constando na fatura do mês seguinte.

É importante ter em mente que, além da data de pagamento, as compras no cartão estão sujeitas a IOF.

 


RSS por email

Deixe sua opinião “Como funciona a compra em Dólar no Cartao de Crédito

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.