O que é crédito rotativo? Como funciona?

O crédito rotativo pode ser também chamado de “empréstimo de emergência”. Isso porque é aberta através dele uma linha de crédito a uma determinada pessoa, que poderá usar automaticamente conforme suas necessidades. O crédito disponível vai diminuindo conforme a pessoa o utiliza e vai aumentando na medida em que o pagamento vai sendo feito.

O crédito rotativo fornecido para os clientes do banco que possuem cartão de crédito é um limite fornecido caso o portador do cartão não consiga quitar o valor integral na data de vencimento. Assim, o cliente poderá utilizar este crédito mediante futuro pagamento de juros que serão cobrados proporcionalmente em cima do valor utilizado e pelo tempo decorrido até o pagamento.

Usando a opção do crédito rotativo, você poderá optar por pagar apenas um mínimo – que o banco estipula – da fatura do cartão de crédito.

O crédito rotativo é um vilão?

Assim como todo produto bancário, o crédito rotativo pode até ajudar você no dia-a-dia mas, saber usar é fundamental para que não entre em dívidas e suje o seu nome. Para entender como crédito rotativo pode ser um vilão, pense no seguinte:

Imagine que você tenha uma fatura no valor de R$100,00 e que, por falta de condições financeiras, não consiga pagar o valor total. Mas você pensa que poderá pagar um pouco, para tentar diminuir a dívida que já está grande. Assim, de acordo com uma permissão do banco, você poderá financiar 85% de sua fatura, ou seja, pagará R$15,00 e “jogará” o restante para o mês seguinte.

cuidado com o credito rotativo

Cuidado com o crédito rotativo! As taxas são as maiores do mercado.

Cuidado com isso! Não pense que no próximo mês, você  pagará apenas os R$85,oo restantes e tudo ficará numa boa. O processo não funciona assim! Quando o banco permite financiar esse valor pagando o mínimo, depois ele irá cobrar juros rotativos em cima da quantia devedora. E esses juros são bem maiores do que os outros. Não é a toa que muitas pessoas acabam perdendo o controle por financiar o crédito rotativo.

Segundo uma pesquisa feita pela Proteste divulgada em 2015, os juros do crédito rotativo podem chegar a 748% ao ano!

Uma dica: Ao entrar no crédito rotativo, procure sair o quanto antes. Corra, pois se demorar mais um pouco, poderá ser tarde e sair muito caro.

Como sair do crédito rotativo?

Se você gastou mais do que deveria e não tem como pagar o valor total da sua fatura, tente falar com seu gerente e procure outras linhas de crédito para pagar. Veja algumas dicas para que você saia do crédito rotativo com o menor prejuízo possível:

  • Troque imediatamente sua dívida no rotativo por um outra modalidade de empréstimo (consignado, crédito com garantia ou mesmo um empréstimo pessoal);
  • Parcele o empréstimo em poucas vezes (o mínimo possível);
  • Aposente o cartão de crédito enquanto estiver pagando essa dívida (não use, até que toda dívida seja paga, após isso, poderá retornar com o seu padrão de vida);
  • Reestruture o orçamento da família;

Taxas de juros do crédito rotativo

Lembre-se que as taxas do crédito rotativo podem variar de um cartão para o outro. Por isso, é fundamental que antes de você ter que utilizar, se informe sobre os valores das taxas. Veja algumas perguntas que você deve fazer até mesmo antes de contratar um cartão de crédito:

  • Qual é o juros do rotativo com o pagamento do valor mínimo?
  • Quais são os juros se eu atrasar um pagamento e não pagar nem o mínimo?
  • Quanto pago se sacar o dinheiro com o cartão de crédito?
  • Se eu quiser pagar uma conta com o cartão, quanto eu pago de juros?
  • Qual o valor da anuidade? posso ter isenção?

É com base nas respostas que você poderá decidir como usar o seu cartão de crédito. Também ajudará a estar ciente do quando pagará caso entre no rotativo, isso servirá de ajuda para manter o controle de seus gastos.


RSS por email

Deixe sua opinião “O que é crédito rotativo? Como funciona?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.