Como Pagar Contas Durante a Greve dos Bancários

Sem entrar no mérito da validade da greve dos bancários, vamos a uma questão prática: como pagar contas, fazer transferências e outras movimentações em conta com os bancos fechados? Esse vem sendo um problema para muitos brasileiros, sobretudo nas capitais, onde a maior parte das agências estão paradas. Com a continuidade da greve, que já dura mais de 20 dias, muitos clientes procuram as casas lotéricas e os terminais eletrônicos de atendimento, gerando imensas filas. Vejamos algumas dicas para reduzir esses transtornos.

Greve dos Bancos

Greve dos Bancos

É Importante Saber!

A greve dos bancários, apesar de dificultar o pagamento das contas, não exime o consumidor de multas e juros por atraso. Em outras palavras, é dever de cada pessoa buscar formas alternativas para efetuar pagamentos durante esse período. A dica é ficar atento às datas de vencimento e, em caso de dúvidas, entrar em contato com a empresa responsável pela conta para uma solução prática.

Outras Dicas

  • Quem tem conta em banco pode recorrer aos caixas eletrônicos e ao banco online para ficar com as contas em dia;
  • Se você não tem cartão, a solução é buscar uma lotérica, supermercado ou loja de departamento que recebe o pagamento em dinheiro;
  • Os clientes que, por algum motivo, precisam sacar dinheiro na “boca do caixa” deve ligar para o banco e solicitar um meio de efetuar a operação (algumas agências funcionam com número mínimo de atendentes);
  • Se o problemas são contas de água, luz ou telefone atrasadas, então é necessário contatar a concessionária para negociar o pagamento e cálculo da multa;
  • Aposentados e pensionistas que recebem pela Caixa Econômica deverão usar as casas lotéricas para sacar o benefícios.

RSS por email

Deixe sua opinião “Como Pagar Contas Durante a Greve dos Bancários

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.