Convênio ou boleto: qual escolher para o código de barras?

O pagamento de contas por meio do código de barras é cada vez mais comum no dia a dia das pessoas, tanto em caixas eletrônicos quanto no internet banking ou celular. Com o uso dos aplicativos para smartphone, esse tipo de operação ficou ainda mais fácil, porque a câmera funciona como um leitor, dispensando a digitação dos números da cobrança. Muitos destes aplicativos, inclusive, já identificam o tipo de pagamento correto imediatamente.

Mas todas essas facilidades não impedem que tenhamos algumas dúvidas quando ao pagamento de boletos e outras contas. Isso acontece porque os bancos utilizam expressões que não fazem parte do nosso cotidiano, como títulos, convênios e guias de recolhimento. Sem saber o que essas palavras significam, nem sempre conseguimos realizar a transação corretamente.

Deu dúvida na hora de pagar uma conta com código de barras? Então não se desespere. Hoje explicaremos melhor com são feitos os pagamentos e qual é a diferença entre título e convênio.

Pagando Com Código de Barras

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, cobranças com código de barras não são sinônimas de boletos bancários. Os boletos quase sempre possuem um código, mas outros tipos de conta, com as de luz e água, por exemplo, não se enquadram na categoria boleto e também são pagas a partir de um código de barras. Por isso, é preciso escolher a opção correta no caixa eletrônico ou banco online para que o pagamento se confirme.

Cada banco tem um procedimento diferente para que o cliente possa pagar suas contas. Porém, a forma mais comum é que o pagador tenha que optar pelo pagamento de títulos/boletos ou convênios. Se você observar bem, os números dos códigos de barras nesses dois tipos de conta são diferente. Além disso, há também distinções na forma de cobrança, como você verá a seguir.

Contas

Saiba quais contas são boletos e quais são convênios

O Que É Boleto?

O boleto é uma forma de cobrança emitida por meio de um banco. Qualquer pessoa que tenha uma conta bancária pode solicitar a emissão de um boleto de cobrança para que outra pessoa lhe pague um valor devido. Esse tipo de conta também é chamada de título bancário.

No nosso dia-a-dia, os boletos ou títulos são usados para o pagamento de compras feitas pela internet, condomínio, aluguel, mensalidade escolar, e outros tipos de cobrança que, normalmente são esporádicas ou de entidades que não têm caráter de subsistência. O emissor define quais serão as taxas cobradas por atraso conforme o acordo previamente estabelecido. Na maior parte das vezes, o pagamento pode ser feito em qualquer banco até a data de vencimento. Depois disso, apenas o banco emissor poderá receber a conta para calcular os encargos.

O Que É Convênio?

Os convênios também possuem código de barras, mas não são títulos. Eles normalmente são emitidos por concessionárias de serviços com água, luz, telefone e gás. Popularmente os convênios são chamados de contas.

Os bancos conveniados podem receber esse tipo de conta, mesmo depois da data de vencimento. As responsáveis utilizam um sistema em que os encargos relativos ao atraso são cobrados na cobrança do mês seguinte, não havendo acréscimos no momento do pagamento, mas serão incluídos no próximo pagamento . Quando a empresa não envia a conta, o cliente precisa entrar em contato para solicitar uma segunda via. O ideal é sempre fazer isso antes do vencimento para não pagar juros e multa.

Como diferenciar um Boleto de um Convênio

Além das dicas acima sobre o emissor, é possível distinguir um boleto de convênio facilmente através do padrão de código de barras. Um boleto tem um padrão definido por cinco grupos de números em quantidade variada da seguinte forma:

11111.11111 22222.222222 33333.333333 4 55555555555555

Já os convênios são formados por quatro grupos de algarismos como se vê abaixo:

11111111111-1 22222222222-2 33333333333-3 44444444444-4


RSS por email

Deixe sua opinião “Convênio ou boleto: qual escolher para o código de barras?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.