Como Calcular o CET (Custo Efetivo Total) de um Financiamento?

Você j ouviu falar no CET? O Custo Efetivo Total é um dado relativo a empréstimos, financiamentos, leasings e outras operações de crédito. Quando você vai financiar um carro, por exemplo, a empresa poerá dizer que o juros é 0, quando na verdade existem vários outros encargos sendo cobrados. Por isso, observar o CET é tão importante quanto saber a porcentagem de juros de uma linha de crédito.

Segundo o Banco Central, o

Custo Efetivo Total (CET) é a taxa que corresponde a todos os encargos e despesas incidentes nas operações de crédito e de arrendamento mercantil financeiro, contratadas ou ofertadas a pessoas físicas, microempresas ou empresas de pequeno porte.

Todas as instituições ficam obrigadas a informar o Custo Efetivo Total na forma de taxa percentual anual antes que o cliente contrate a linha de crédito. De acordo com a norma do Bacen, a informação deverá englobar todos os encargos envolvidos envolvidos na operação. Isso inclui tarifas, tributos seguros ou qualquer outra despesa.

Calcular CET

Aprenda a calcular o CET de um financiamento

Importância do CET

O CET tem fundamental importância no cotidiano do consumidor. A partir desse dado, é possível fazer uma comparação mais realista dos custos do crédito disponíveis no mercado. Assim, antes de contratar um empréstimo ou financiamento o cliente conseguirá verificar qual banco ou financeira oferece as melhores condições de pagamento, lembrando que o CET definirá o custo total do crédito tomado.

Outro grande benefícios do CET é a possibilidade de saber quanto você vai pagar. Muita gente só olha pro valor da parcela, esquecendo que, no total, o custo pode ser 2 ou 3 vezes maior que o do crédito oferecido. Conhecer o valor das linhas de crédito é essencial para manter o controle financeiro.

Como Calcular o CET

Calcular o CET de um financiamento é possível. O Procon-SP oferece em seu site uma calculadora online. Para fazer a conta, o usuário precisa informar o número de parcelas do pagamento, o valor que foi financiado ou emprestado, o custo de cada prestação com os juros inclusos, a data de encerramento do contrato, a data do vencimento da primeira prestação e a taxa mensal de juros.

Existe também a possibilidade de fazer o cálculo manualmente, porém a conta é um pouco mais complicado. No site do Bacen é dado um exemplo com valor total de financiamento de R$1 mil, taxa de juros de 12% ao ano (0,95% ao mês), prazo de 5 meses e prestações de R$205,73. O exemplo considera que o primeiro pagamento será feito à vista, sem incluir o o IOF ou a tarifa de confecção de cadastro.

Na fórmula usada, FCo equivale a o valor total do crédito que foi concedido e FCj o valor cobrado mensalmente pela instituição. Para o exemplo:

  • FCo = R$940,00
  • FCj = R$205,73

Com essas referências, o cálculo feito seria o seguinte:

Fórmula do CET
O resultado para o CET anual seria de 43,93% ou o equivalente a 3,08% todo mês.

É preciso destacar, no entanto que você não precisa fazer essa conta complicada. O banco ou financeira é obrigado a calcular e te informar o valor. Peça uma simulação do crédito e verifique o CET antes de fechar o negócio!


RSS por email

Deixe sua opinião “Como Calcular o CET (Custo Efetivo Total) de um Financiamento?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.