É Possível Financiar um Imóvel Com o Nome Sujo?

Comprar um imóvel nem sempre é uma possibilidade para quem busca por uma moradia. Isso porque, ma maioria dos imóveis correspondem à uma significativa quantia de dinheiro que nem sempre equivale à realidade de um trabalhador  assalariado. É por isso, que muita gente recorre a poupanças e financiamentos para conquistar o sonho da casa própria.

Para conseguir o crédito, no entanto, é necessário procurar um banco e passar por uma longa análise de crédito, que levará em consideração a capacidade de pagamento do solicitante, analisando fatores como: renda, idade e colocação profissional, por exemplo. A dúvida que surge, nesse contexto, é o modo como uma inadimplência referente à uma outra compra, o popular nome sujo, pode interferir no sucesso da negociação. Mas, afinal quem está ou já esteve inserido em cadastros negativos terá o financiamento imobiliário negado?

Análise de Crédito

O objetivo da análise de crédito é verificar se aquele indivíduo tem condições de arcar com a dívida que está propondo. Assim, o banco tomará como base uma série de critérios a fim de concluir, de forma objetiva, o risco da oferta de crédito.

Cada instituição financeira se pauta em fatores diferentes e avaliam o risco de crédito de maneira distinta. Elas também utilizam métodos diversos para atribuir uma pontuação, negar ou aprovar o financiamento imobiliário. Por isso, é difícil dizer com certeza, qual será o resultado de uma análise. Ainda assim, de modo geral, mais de um fator costuma ser levado em consideração para a reprovação da proposta.

Por isso, em geral, o consumidor que teve o nome sujo pode ter dificuldade no acesso a uma nova linha de crédito. Isso acontece porque as instituições financeiras analisam o histórico de cada cliente, observando também os eventos passados de endividamento e/ou os compromissos pagos em dia.

Se a dívida já foi quitada há mais tempo, é bem provável que o financiamento imobiliário seja liberado, sobretudo, quando o interessado tem renda fixa e boas condições de pagar o valor das parcelas. Caso o problema que levou ao cadastro negativo seja com o banco no qual o consumidor tem conta, as chances de restrição são maiores, e talvez, obrigue que o interessado na concessão do crédito, procure por uma outra instituição.

Isso acontece com muita frequência já que pessoas que têm interesse em fechar negócio, em um novo imóvel, ficam bastante dispostas a resolver as pendências financeiras e a regularizar o Cadastro de Pessoa Física (CPF), rapidamente. Embora a tentativa é louvável, o que conta é o histórico e não a situação atual. Sendo assim, a melhor maneira é se garantir como bom pagador.

Nome sujo

O nome sujo interfere na compra de um imóvel financiado

Estou Com o Nome Sujo e Agora?

Quem está com o nome inserido em um dos vários cadastros negativos existentes no Brasil terá muito mais dificuldade para conseguir um financiamento. Nesse caso, a dívida pendente pesa bastante na análise, pois representa um alto risco de inadimplência, sobretudo, devido ao alto valor do financiamento.

Se você está nessa situação, sugerimos que o foco seja a quitação da dívida para limpar o próprio nome. Dessa forma, fica mais fácil conseguir o crédito no futuro e você ainda controla melhor as finanças, antes de fazer um longo contrato de financiamento. Negociações com o credor são a melhor forma de resolver o problema. Procure a empresa, converse sobre a vontade de quitar o valor devido e veja quais são as melhores condições para pagar de vez essa quantia.

Dicas Importantes:

  • Se você tiver o financiamento imobiliário negado, o banco fica obrigado a apresentar os motivos que levaram à reprovação da proposta;
  • O banco precisa ter critérios objetivos bastante claros para recusar o financiamento a qualquer consumidor;
  • Você sempre pode procurar outras instituições caso tenha o crédito recusado onde tem conta bancária;
  • É fundamental evitar o acúmulo de dívidas, parcelamentos e pagamento de financiamentos para manter a saúde financeira;
  • Por isso, não deixe de considerar o fato de que talvez não seja realmente o melhor momento para adquirir um imóvel. Muitas das vezes, alugar é financeiramente mais viável e barato do que pagar juros ao banco.

RSS por email

2 Comentários em “É Possível Financiar um Imóvel Com o Nome Sujo?

  1. Esli Itamar Da Silva Guimarães Guimarães disse em 26/08/2016 às 10:50:

    Estou no momento com meu nome negativado, se correndo para quitar estas pendências em quanto tempo o meu score pode melhorar para ter chance de
    um financiamento de um imóvel, sendo que minha idade também já esta um pouco avançada. Sem mais obrigado.

    • Crédito e Débito disse em 30/08/2016 às 15:36:

      Esli, o histórico de adimplência e inadimplência também é considerado, portanto, um nome recém saído dos cadastros de serviço ao crédito é considerado também.
      Recomendo que vá aos bancos e solicite a análise de crédito. Somente o banco poderá dizer se tem chance ou não de financiamento.

Deixe sua opinião “É Possível Financiar um Imóvel Com o Nome Sujo?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.