O que é Seguro Prestamista?

Os seguros são formas de se precaver contra situações inesperadas. Pagamos seguro do carro para não ficarmos no prejuízo caso o veículo seja roubado ou sofra algum acidente. Pagamos seguro do imóvel para proteger contra roubos e acidentes domésticos, como incêndios e, em alguns casos, também contra acidentes da natureza, como enchentes, furacões, etc. Outro tipo de seguro comum é o seguro de viagem, que garante mais segurança para quem está saindo do país.

No caso do seguro prestamista, o objetivo é garantir o pagamento de uma dívida se o beneficiário sofrer algum acidente, perder o emprego ou outra situação que o impeça de pagar o valor devido.

Como Funciona

Vamos supor que alguém compre um apartamento financiado em 15 anos. Depois de 5 anos pagando as prestações, essa pessoa acaba falecendo. Nesse caso, pode ser que a família tenha dificuldade para honrar a dívida. Pois é aí que entra o seguro prestamista. Ele servirá para quitar o que falta do financiamento, beneficiando primeiramente a instituição credora, que não ficará com o prejuízo, e também a família do falecido, que não ficará com a dívida.

Quando Contratar

Normalmente, bancos e financeiras têm parcerias com  seguradoras que oferecem esse serviço. Assim, ao efetuar o financiamento, empréstimo ou outro tipo de crédito, é comum que essas instituições já disponibilizem o seguro prestamista no contrato. No entanto, o cliente não é obrigado a concordar com a aquisição do produto e é preciso que ele seja informado sobre o seguro de forma clara e objetiva.

Características do Seguro

O preço pode variar bastante conforme o bem a ser adquirido ou valor do empréstimo. Há também diferenças na apólice, dependendo do tipo de cobertura e outras condições do contrato. É importante que o interessado avalie todas essas questões quando for fechar o negócio.

Vale a Pena?

A contratação do seguro pode ser uma boa pedida, mas é necessário que cada pessoa avalie a sua situação pessoal para fazer uma boa escolha. Se o bem for o imóvel onde sua família vai morar, por exemplo, o seguro prestamista é bastante recomendado. Por outro lado, a contratação do seguro para um empréstimo de valor mais baixo talvez não compense.

Por exemplo, se você financiou um carro, talvez o valor do seguro não seja compensador. Em caso de morte, por exemplo, talvez seja melhor devolver o veículo para a instituição credora, ao invés de pagar pelo seguro prestamista. Tudo isso precisa ser bem avaliado.

Quando Pode Ser Contratado?

O seguro prestamista pode ser contratado em diversas situações. Veja abaixo alguns exemplos nos quais o seguro prestamista pode ser utilizado:

Seguro Prestamista

Seguro Prestamista

  • empréstimos junto a financeiras e bancos;
  • cheque especial de bancos;
  • cartão de crédito (para cobrir o saldo do cartão);
  • consórcios;
  • financiamentos de bens (imóveis, veículos, eletrodomésticos, etc.);
  • empréstimos com pagamento consignado em folha.

O seguro não cobre as dívidas se o afastamento do trabalho for devido a doenças preexistentes. Também não se aplica a partos ou abortos.


RSS por email

Deixe sua opinião “O que é Seguro Prestamista?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.