Consórcio Tem Juros? É uma boa?

A maior parte dos brasileiros tem dificuldades para compras bens de maior valor, como imóveis e veículos, por meio do pagamento à vista. Por isso, muitos recorrem aos financiamentos e consórcios, que possibilitam o pagamento em parcelas de bens mais caros.

Essa facilidade, como você deve imaginar, não sai de graça. Em ambos os casos, são cobradas tarifas que tornam o produto bem mais caro ao interessado do que se ele fosse quitado à vista, porém, são duas modalidades diferentes e a escolha pode depender de vários fatores. Hoje, para esclarecer algumas questões relacionadas a esse assunto, vamos responder uma pergunta importante: consórcio tem juros? 

Os Custos de um Consórcio

Nos financiamentos comuns são cobrados juros sobre as parcelas, ou seja, uma porcentagem sobre o valor pago equivale à tarifas do financiamento em si e não ao custo do produto adquirido.É o custo do dinheiro no tempo, alguém lhe empresta a quantia esperando receber algo maior no futuro.

No consórcio a cobrança é feita de um modo diferente. Ao invés de cobrar juros, a empresa que administra o consórcio cobra uma taxa de administração. Assim, respondendo à pergunta inicial, não são cobrados juros em um consórcio. Contudo, isso não significa que essa modalidade de compra seja mais barata ou mais vantajosa que um financiamento. Cada qual tem seus pontos positivos ou negativos, sendo que as duas perdem para a aquisição a vista.

Juros X Taxa de Administração

Na prática, qual é a diferença entre os juros e a taxa de administração?

Essas cobranças são diferentes, mas ambas correspondem a uma porcentagem do valor do produto ou serviço. Pensando no seu bolso, o que de fato distingue as tarifas de um financiamento das tarifas do consórcio é que, em média, o valor da taxa de administração costuma ser bem menor que os juros da compra financiada. Dito de outro modo, a comparação de valores tende a tornar o custo final do bem mais barato no fim do pagamento.

Para entender isso melhor, sugerimos que você leia o artigo Consórcio ou Carro Financiado, que tem uma tabela comparativa bem clara.

Consórcio É Melhor que o Financiamento?

Consórcio ou financiamento?

Consórcio ou financiamento?

Essa na verdade é a grande questão, mesmo não havendo uma resposta certeira para ela. Como dissemos, na comparação de preços o consórcio costuma valer mais a pena, mas é importante levar em consideração outros fatores, como o tempo de espera para recebimento, valor dos lances e outros custos relativo ao consórcio.

Como a entrega do bem no consórcio vai depender de um sorteio, um comprador “azarado” pode ter que esperar vários anos para receber aquilo que comprou. Essa demora pode significar anos a mais de aluguel, no caso da compra de um imóvel, ou gastos com um carro mais velho, por exemplo, tornando os custos do financiamento maiores. É preciso ter esta questão em mente pois, o financiamento oferecerá o bem imediatamente.

Conclusão

Diante de todas essas informações, podemos concluir que:

  1. o fato do consórcio não ter cobrança de juros não significa que o valor final da mercadoria não será maior que o preço à vista, pois há a cobrança de taxa de administração;
  2. na comparação com o financiamento, o consórcio pode sair mais em conta, mas devemos considerar outros fatores como tempo de espera e custos adicionais;
  3. a decisão entre uma das duas modalidades de compra exige um árduo trabalho de pesquisa para que o comprador faça a escolha certa.

Agora que você já sabe tudo isso, com certeza poderá optar pela forma de pagamento mais vantajosa para o seu bolso.


RSS por email

Deixe sua opinião “Consórcio Tem Juros? É uma boa?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.