Sistema de Informação de Crédito (SCR)

O Sistema de Informação de Crédito é um banco de dados, criado pelo Banco Central, com o objetivo de supervisionar operações de crédito. A ferramenta existe desde 1997 e vem sendo aperfeiçoada desde então. Atualmente o sistema armazena informações sobre operações com valor superior a R$5.000,oo, mas a partir de abril desde ano, esse valor irá cair para R$1.000,00. Devido à ampliação do banco de dados, bancos e outras instituições financeiras estão comunicando os seus clientes sobre o funcionamento do SCR.

Funcionamento do SCR

O Sistema de Informação de Crédito registra diversos tipos de operação como:

SCR

Entenda o Sistema de Infomações de Crédito

  • empréstimos;
  • financiamentos;
  • adiantamentos;
  • leasing, também conhecida como arrendamento mercantil;
  • coobrigações e garantias prestadas;
  • compromissos de crédito não-canceláveis;
  • outras operações que envolvem risco de crédito.

Diferentemente do que muitos pensam, o SCR não é um cadastro restritivo, como o SPC e SERASA. As informações que constam no banco de dados não dizem respeito somente às dívidas, mas a todas as operações em andamento. Dessa forma, o sistema pode trazer dados positivos, comprovando a capacidade de pagamento dos clientes.

Além disso, as instituições financeiras precisam de uma autorização de seus clientes para consultar os dados disponíveis no SCR. Em  ao Código de Defesa do Consumidor, o registro tem prazo máximo de 5 anos, sendo automaticamente excluído após esse período.

Consulta ao SCR

Sempre que quiser, o consumidor pode consultar os seus dados no SCR. Para tanto, é preciso comparecer a uma das unidades do Banco Central ou solicitar as informações através da Central de Atendimento: 0800 979 2345. A consulta também pode ser feita pela internet, realizando o cadastro no Sisbacen.

Para outras informações, sugerimos a visita ao site do Banco Central

RSS por email

Deixe sua opinião “Sistema de Informação de Crédito (SCR)

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.