Quais os Investimentos Isentos de Imposto de Renda?

Quem investe na poupança é isento de pagar o Imposto de Renda (IR) sob a aplicação. Por isso, a poupança como investimento se tornou muito popular já que nenhum valor é deduzido do valor investido para pagamentos de impostos do governo. Essa modalidade de aplicação também assegura uma menor probabilidade de riscos para os investidores, em casos de golpes financeiros, por exemplo.

Entretanto, os juros gerados em função desse modelo de aplicação não atrai grandes investidores, já que a longo prazo, a poupança não gera lucros exorbitantes e nem se mantem valorizada em tempos de inflação alta.

Para evitar as garras do leão, os investidores têm apostado em outras opções de investimento que assim como a caderneta de poupança, são livres de deduções fiscais.

Conheça as opções de investimento sem IR

Investimento em Ações: Os dividendos pagos pelas ações são isentos de Imposto de Renda, assim, ao receber lucros oriundos da performances da empresa, você declara, mas não precisa pagar imposto sobre estes dividendos. Já que investe na compra e venda de ações em ações não precisa se preocupar com a mordida do leão, desde que a movimentação não ultrapasse R$ 20 mil mensais. Essa isenção, no entanto, não vale para operações de compra e venda feitas no mesmo dia – “day trade“, no jargão do mercado – nem para os rendimentos de um fundo de ações. Mas, vale lembrar que este tipo de investimento é arriscado.

Devido as constantes oscilações nos valores das bolsas é arriscado que o investidor dobre seu investimento em um curo prazo de tempo, como também perca tudo rapidamente.

Compra de Ouro: As negociações envolvendo compra e venda de ouro também são isentas do Imposto de Renda. Porém, assim como as ações, somente em movimentações até R$ 20 mil. É preciso ficar atento, também, ao tipo de negociação.

A compra pode ser feita através de corretoras, que se dispõem a recomprar as barras depois de um tempo acompanhando o preço de mercado. Ou, a outra forma é adquirir, também por meio de uma corretora de valores, um contrato financeiro que representa uma quantia desse metal, negociado junto a B3 (antiga BM&F Bovespa, a Bolsa de Mercadorias & Futuros). Somente segunda forma de negociação permite a isenção do Imposto.

Entretanto, este tipo de investimento também envolve riscos, já que o preço de mercado varia muito.

Veja alguns investimentos isentos do imposto de renda

Letras de Crédito: A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) ou Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), podem ser comparada a um Certificado de Depósito Bancário (CDB). É como se o investidor estivesse emprestando dinheiro ao banco. Na verdade, comprando Letras de Crédito Imobiliário, você estará comprando uma parte de um empréstimo imobiliário, feito pelo banco e, no caso das LCAs, para o agronegócio.

Assim como as CDBs, as Letras também são garantidas pelo Fundo Garantidor de Crédito (até o limite de R$ 250 mil por Cadastro de Pessoa Física – CPF). A diferença é que as Letras estão isentas do Imposto de Renda. A desvantagem desse investimento é que nem sempre estará ao alcance de todos, pois a exigência mínima de investimento pode variar de instituição a instituição, mas costumam ser de até R$ 30 mil.

Fundos Imobiliários: Este tipo de investimento também é isento do IR sobre o rendimento mensal do fundo, mas assim como os outros, possui riscos. Nesse caso, o risco é o atraso nos aluguéis, vacância ou a desvalorização do imóvel, por exemplo.

A isenção, no entanto, depende de alguns fatores como: fundo deve ter cotas negociadas na Bolsa de Valores; o investidor não pode ter mais que 10% do número de cotas desse fundo; e o rendimento proporcionado pelas cotas não deve ser superior a 10% do ganho total desse fundo imobiliário. O rendimento oriundo da compra e venda de cotas, no entanto, são taxadas.

Debêntures Incentivadas: As debêntures são títulos sobre a dívida de uma empresa privada. Com elas, o investidor empresta dinheiro para uma empresa e terá o pagamento de acordo com as taxas e prazos da debênture. Existe mais de uma categoria de debêntures, a nós, interessa as debêntures incentivadas, que são emitidas por empresas que atuam na infraestrutura do país.

Investindo nestas empresas (e no país), você não paga Imposto sobre os rendimentos de seus investimentos.


RSS por email

Deixe sua opinião “Quais os Investimentos Isentos de Imposto de Renda?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.