Onde É Melhor Abrir uma Poupança?

A poupança é muito procurada pelos brasileiros não como um investimento, como forma para guardar um pouco de dinheiro. O grande atrativo da caderneta, que existe no Brasil há mais de 150 anos, é a segurança e a praticidade no momento da aplicação.

Pouca gente sabe, mas a caderneta de poupança foi criada por D. Pedro II durante seu império. Em 1861, ele publicou um decreto que instituía a Caixa Econômica Federal, com a finalidade de criar um banco para remunerar os depósitos feitos com a garantia do governo. Naquela época, o rendimento era de 6% ao ano. A poupança se destinava a população de baixa renda, tendo como objetivo estimular o hábito de guardar dinheiro.

De lá pra cá, pouca coisa mudou. As aplicações na poupança continuam sendo garantidas, mas só que pelo FGC. O rendimento também continua bem parecido, ainda que a base para o cálculo tenha sido alterada em 2012 pelo Governo Federal.

Como a poupança segue certas regras nacionais, quem vai abrir uma caderneta não precisa se preocupar com o rendimento. O mais importante é analisar as instituições financeiras, o atendimento oferecido e todas as condições do contrato. Com uma boa observação, é possível escolher o banco que melhor atende às suas necessidades.

Poupança

Qual poupança escolher? Veja as dicas!

Qual é o rendimento da poupança?

O rendimento da poupança é o mesmo em todos os bancos. Assim, independente de onde você abrir sua caderneta, o lucro mensal será exatamente igual. Com as novas regras da poupança, o rendimento passou a ficar atrelado a taxa básica de juros, a Selic.

O cálculo funciona da seguinte forma:

  • Selic acima de 8,5% – Taxa Referencial (TR) + 0,5% ao mês
  • Selic inferior a 8,5% – Taxa Referencial (TR) + 70% da Selic

Como você pode notar, a Selic alta representa uma lucratividade melhor para quem investe na poupança. Atualmente a taxa está em 14,25%, então o rendimento equivale a Taxa Referencial mais 0,5%, bem próximo dos 6% aos mês da época de criação da caderneta de poupança.

Em qual banco devo guardar meu dinheiro?

Você já deve ter ouvido a opinião de várias pessoas sobre seus bancos. Algumas gostam mais, outras menos, e esta opinião depende muito das expectativas de cada pessoa. Se você busca, por exemplo, um atendimento mais exclusivo, os bancos com agências especiais podem ser uma boa opção.

Analisar com cautela os índices de reclamação é fundamental. Já que o rendimento da poupança é sempre o mesmo, o melhor banco para guardar o seu dinheiro será aquele que te auxilie em suas necessidades e não dê dores de cabeça.

Os juros, como foi dito, são sempre iguais. Porém, existem alguns bancos que criam promoções e incetivos para os clientes que tem uma caderneta de poupança. Sorteios de prêmios, pontuação maior nos programas de recompensas e descontos em tarifas podem ser o diferencial na hora de escolher onde abrir a conta (e um investimento).

A solidez é outro ponto importante, porque existe o risco de falência. O FGC garante hoje até R$250 mil reais por CPF em casos de falência, mas o recebimento desses valores não é simples ou rápido. Por isso, é melhor que o banco não quebre enquanto durar a aplicação.

Lembre-se ainda de verificar se o banco disponibiliza cartão magnético com possibilidade de uso no débito e se as agências são próximos a você. Quem está satisfeito com a instituição na qual tem conta corrente pode abrir uma poupança integrada, que vinculada à conta já existente. Pesquise bem e faça sua escolha levando tudo isso em consideração.


RSS por email

Deixe sua opinião “Onde É Melhor Abrir uma Poupança?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.