Os Melhores Investimento de Baixo Risco da Atualidade

Com a atual conjuntura econômica do país, vários investimentos tradicionais, como a poupança, estão rendendo bem menos em comparação a alguns anos atrás. Isso acontece porque, hoje em dia, os juros já não são tão altos quanto antes. Mesmo com a alta da Selic, o juros real, que corresponde à diferença entra a taxa básica e a inflação, é pequeno.

Nesse cenário, o investidor conservador, que não gosta de correr riscos na hora de aplicar seu dinheiro, pode se sentir um pouco perdido. Pensando nisso, criamos uma lista, com base na opinião do professor da Fundação Getúlio Vargas, Samy Dana, com as melhores aplicações de baixo risco da atualidade.

Investimento Conservador

Onde investir seu dinheiro?

3º Lugar: Poupança

A poupança, queridinha dos brasileiros, é cada vez menos indicada como investimento por especialistas. Atualmente, o rendimento médio da poupança é de 0,50% ao mês. Em relação a outras aplicações, essa porcentagem é baixa, o que torna a caderneta pouco interessante. A não ser que você tenha uma conta com rendimento antigo, vale a pena buscar outras formas de investir seu dinheiro.

2º Lugar: CDBs

Os Certificados de Depósitos Bancários são títulos de renda fixa que podem render mais que a poupança. Com uma boa negociação com o banco, essa modalidade de investimento paga hoje cerca de 0,52% ao mês. Essa diferença pode parecer pequena, mas, a longo prazo, ela pode se tornar grande. A dica é conversar com o gerente do banco onde você possui conta para entender melhor como funciona a aplicação.

1º Lugar: Tesouro Direto

O melhor investimento, segundo Damy Sana, é o Tesouro Direto. Nesse tipo de aplicação, você empresta dinheiro para o governo do país. Por isso, o risco é bem pequeno. O rendimento líquido atual do Tesouro Direto é a mais interessante: 0,58% ao mês. Para conhecer e aplicar, visite: www.tesouro.fazenda.gov.br.


RSS por email

Deixe sua opinião “Os Melhores Investimento de Baixo Risco da Atualidade

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.