O que é Taxa Selic?

Nas últimas semanas, muito se falou sobre a chamada taxa Selic, mas nem todos os brasileiros entendem exatamente como ela funciona. A Selic tem em nosso economia uma função importantíssima, pois serve de índice de referência para as operações monetárias feitas no Brasil.

A cada 45 dias, o Comitê de Política Monetária do Banco Central se reúne para decidir se a taxa irá aumentar, cair ou se manter estável. No último encontro, o Copom optou por elevar a Selic para 9%, alterando, então, o cálculo da nova poupança. Vamos entender melhor como a taxa é definida e como ela interfere no dia a dia do cidadão comum.

Selic

Entenda uma das principais taxas de nossa economia!

Entendendo a Taxa

A sigla Selic quer dizer Sistema Especial de Liquidação e de Custódia. Ela serve para regular operações interbancárias de curtíssimo prazo (um dia ou overnight) com lastro de títulos públicos. Como o risco das transações é o próprio risco do governo, uma vez que o lastro da operação são títulos governamentais, a Selic também é usada como referência para outras taxas de juros em nossa economia.

Quanto maior é o prazo de uma operação financeira, maior é o risco. Dessa forma, a Selic geralmente é a taxa mais baixa, pois seu período de vigência é bem curto. No entanto, quando o governo quer conter a inflação, por exemplo, a taxa pode ser propositalmente elevada, a fim de reduzir os juros a longo prazo.

Poupança e Investimentos

Diante dessas informações, resta a dúvida: mas como a Selic pode interferir na vida dos brasileiros? Como o índice regula boa parte das taxas existentes em nosso país, suas variações podem ter impacto direto ou indireto no cotidiano das pessoas.

Com a mudança no cálculo dos rendimentos da poupança, ela passou a estar vinculada à Selic. Assim, a elevação da taxa para 9% faz com que seja retomado o cálculo antigo, mais interessante para os investidores. Quem investe em fundos DI também se beneficia com esse aumento.


RSS por email

Deixe sua opinião “O que é Taxa Selic?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.