Limite de TED em Caixas Eletrônicos e Internet Banking

Recentemente minha mãe comprou um carro de uma vendedora particular. Havia uma greve bancária e o pagamento precisou ser feito a partir dos caixas eletrônicos do banco por meio de uma TED. Porém, na hora que ela foi realizar a transferência para a antiga dona do carro descobriu que o limite para a transação nos caixas eletrônicos não era suficiente e, o pior, para mudar isso precisaria ir até uma agência bancária.

Situações semelhantes podem acontecer com quem não conhece os limites impostos pelos bancos para todo tipo de transação feita por meios eletrônicos. Esses valores são estabelecidos como uma estratégia de segurança, a fim de evitar que outras pessoas solicitem saques, pagamentos e transferências com valores muito elevados.

Para o banco definir qual será o seu limite de transferências, é feito um cálculo com base em suas transações frequentes e relacionamento com o banco. Assim, um cliente que costuma fazer transferências usando TED ou DOC com certa frequência pode ter um limite maior do que outros que raramente usam transferências. O mesmo vale para saques e pagamentos que são solicitados em terminais de autoatendimento e internet banking.

Além disso, alguns bancos oferecem a possibilidade de personalização de limites, onde o próprio cliente pode escolher qual o valor que melhor lhe atende.

Caixa eletrônico

Saiba qual é o seu limite de TED em caixas eletrônicos

Limite de TED

Segundo as regras do Banco Central mais recentes, não existe valor mínimo para fazer uma TED. Também não existe um teto, ou seja, a partir de R$0,01, é possível transferir qualquer valor. Porém, na prática o cliente pode esbarrar no limite imposto pelo banco (como no exemplo que usei da minha mãe).

Cada banco usa critérios próprios para definir os limites. Além disso, como vimos antes, os valores são fixados conforme o perfil do cliente ao utilizar os serviços bancários. Dessa forma, para saber qual é o seu limite disponível você precisa entrar em contato com a Central de Atendimento do seu banco ou fazer uma consulta nos canais de autoatendimento como caixas eletrônicos, internet banking ou aplicativo de celular do banco.

Se você observar que esse limite não é suficiente para as suas necessidades, é importante entrar em contato com a instituição financeira para solicitar uma alteração dos valores. Para tanto, são exigidas normalmente algumas ferramentas de segurança, como as chaves de acesso emitidas por token e certificados digitais. A dica é conferir isso antes de uma necessidade, para não passar “aperto” diante do caixa eletrônico.

Personalização de Limites

A título de exemplo, mostramos abaixo a personalização de limites do Banco do Brasil. A ferramenta permite que o cliente decida qual serão os seus limites de pagamento, saque e transferências, com base no que foi limitado. Isso quer dizer que eu não posso, por exemplo, decidir que meu limite de TED será de R$15 mil por dia se o banco não me dá essa opção. Veja a imagem:

Aumentar o limite de TED

Como aumentar o limite de TED no Banco do Brasil

Como você pode notar, o meu limite de transferência é de R$ 2 mil por mês e R$800 por dia. O BB permite que eu eleve esses limites até o máximo permitido de R$4 mil por mês ou R$1.600 por dia. Se eu precisar fazer uma transferência de valor maior, precisarei ir até uma agência ou entrar em contato com o banco previamente para liberar esta transação.

Assim como a minha mãe, eu também teria dificuldades para fazer o pagamento de um bem de valor alto usado a TED. Por isso é tão importante conhecer esses limites antes de solicitar transações atípicas junto ao banco.


RSS por email

Deixe sua opinião “Limite de TED em Caixas Eletrônicos e Internet Banking

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.