Por quanto tempo devo guardar os comprovantes?

Uma carteira cheia… cheia de comprovantes. Quem nunca se deparou com a infinidade de documentos, recibos e cupons fiscais que guardamos? Como todos sabem, às vezes, quando menos se espera, precisamos comprovar um pagamento. Por isso, criamos o hábito de guardar tudo, indiscriminadamente. Você sabe por quanto tempo manter cada um desses documentos? No futuro, talvez não tenhamos que lidar com tantos papeis. Mas hoje em dia, ainda precisamos arquivar todos os comprovantes. Veja por quanto tempo guardar os mais diferentes documentos.

Guardar por 1 ano

Alguns comprovantes de pagamento precisam ser arquivados por pelo menos 1 ano. Em alguns casos, quando o pagamento é feito no débito automático, também é importante guardar o comprovante emitido pelo banco. São eles:

Comprovantes de Pagamento

Como organizar seus comprovantes e recibos

  • Apólice de seguro;
  • Fatura do cartão de crédito;
  • Extratos bancários;
  • Contas de gás, água, luz, telefone e celular;
  • Boletos bancários;
  • Comprovante de pagamento de multas de trânsito.

Guardar por 3 anos

Outros documentos precisam ser arquivados por um tempo maior, como:

  • Recibo de aluguel.

Assim você evita cobranças futuras e desentendimentos com o dono do imóvel.

Guardar por 5 anos

É importante arquivar pelo prazo mínimo de 5 anos documentos como:

  • Taxas e impostos municipais ou estaduais;
  • Comprovante de pagamento de condomínio.

Guardar por 6 anos

Você deve guardar por 6 anos os seguintes comprovantes de pagamento:

  • Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF);
  • Declaração de Imposto de Renda;
  • Pagamento de planos de saúde;
  • Comprovante de mensalidade escolar;
  • Comprovante de pagamentos de serviços, como médico e advogado.

Guardar por 10 anos

Depois de 10 anos, você ainda precisa ter em mãos os:

  • Comprovante de pagamento de IPTU.

Guardar por Tempo Indeterminado

  • Contratos e recibos de consórcio;
  • Recibo de pagamento de imóvel;
  • Notas fiscal de bens duráveis (enquanto durar a garantia);
  • Guias de INSS e FGTS;
  • Certidão de nascimento, de casamento e de óbito.

Dicas Importantes

Sabendo desses prazos, você pode criar pastas etiquetadas para arquivas os diferentes tipos de documento. De tempos em tempos, você pode jogar fora os que já estiverem fora do prazo, tomando cuidado para disponibilizar para outras pessoas os seus dados pessoais.

RSS por email

Deixe sua opinião “Por quanto tempo devo guardar os comprovantes?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.