Como Funciona um Cartão de Crédito? Entenda Tudo Antes de Começar a Usar

Muitas vezes nos encontramos em situações complicadas, onde precisamos contratar um serviço ou comprar algum produto, mas não temos dinheiro o suficiente para isso. Por exemplo, caso a sua televisão estrague hoje, e você não tenha dinheiro guardado para comprar ou à vista, será preciso algum tempo até que junte esta quantia. Porém, para quem possui um cartão de crédito, esta espera não é necessária. Basta utilizar a ferramenta para realizar uma compra parcelada, com prestações mensais que cabem no seu bolso.

Os cartões de crédito conferem ao indivíduo um prazo maior de pagamento de suas compras, de até 40 dias. As compras são feitas com o crédito aprovado pelo banco, que funciona como se fosse um empréstimo. Para alguns, o cartão de crédito é uma ferramenta útil e facilitadora, mas, para outros, pode ser algo que lhe leva à mais dívidas. Assim, quando alguém opta por começar a utilizar o cartão de crédito, deve entender muito bem como ele funciona, e qual o melhor método de realizar compras com o cartão de crédito sem complicar a sua situação financeira. Abaixo iremos falar mais sobre, confira.

Cartão de Crédito

Limite

O cartão de crédito é uma ferramenta para compras, que podem ser feitas tanto online quanto presenciais. As administradoras dos cartões cedem aos seus clientes, após uma análise, um limite de crédito. Este limite deve ser compatível com os seus ganhos mensais, de modo que o indivíduo não fique endividado.

Este limite de crédito, um empréstimo cedido mensalmente ao cliente, é disponibilizado na conta do cartão. Assim, quando o usuário realiza uma conta, o valor é abatido do crédito disponível total. Por exemplo, caso o limite seja R$ 1.000, após uma compra de R$ 400,00, o valor disponível será de R$ 600,00.

Entenda como funciona os cartões de crédito

Os cartões de crédito são instrumentos utilizados para compra, de modo que elas podem ser pagas com um maior prazo.

As compras utilizando os cartões de crédito podem ser feitas tanto à vista quanto parceladas. Em relação ao parcelamento, esta é uma ótima opção para pessoas que necessitam comprar produtos ou serviços mais caros, cujo o valor necessita de ser diluído pelos meses. Pode-se parcelar, comumente, até 12 vezes. Porém, este parâmetro de parcelamento é definido pelas lojas, que também indicam o valor mínimo que pode ser parcelado.

Fatura e melhor dia de compra

Todas as compras realizadas no crédito entram na fatura do seu cartão, que deve ser monitorada com muito cuidado. Comumente, as administradoras perguntam ao cliente qual o melhor dia de vencimento da fatura do cartão, e esta será a data limite para que seja feito o pagamento todos os meses. Porém, a fatura não fecha nesta data, mas sim, usualmente, 10 dias antes.

Após o fechamento da fatura, as compras feitas com o cartão entram na próxima fatura, que será paga apenas depois de 40 dias. Logo, o melhor dia para que seja realizada uma compra é um dia após o fechamento da fatura, pois o indivíduo terá o prazo máximo de pagamento.

A fatura pode ser recebida em sua casa, impressa, e também ser consultada pela Internet ou Central de Atendimento. É muito importante que o indivíduo sempre esteja atento à fatura, conferindo todos os valores ali escrito. Se alguma compra indevida for identificada, entre em contato com o seu banco.

Juros e tarifas

Os bancos tradicionais possuem, de forma geral, a cobrança de anuidade dos cartões de crédito. Esta anuidade é diluída nos doze meses do ano, se tornando, então, uma mensalidade. Este valor cobrado varia de acordo com os benefícios que o cartão oferece. Os benefícios dependem tanto da empresa que oferece o cartão quanto do limite que ele oferece.

Em uma explicação básica, quanto mais o cliente gasta no cartão de crédito, mais vantagens ele obtém. E, estas vantagens podem ser várias, como promoções em viagens, seguros, serviços exclusivos, etc. Logo, os cartões que possuem mais benefícios também contam com uma anuidade mais cara. Além da anuidade, podem ser cobradas tarifas por compras no exterior, pela avaliação emergencial de crédito, por pagamento de contas, pelo saque e também pela emissão da segunda via do cartão.

Em relação aos juros, existem os juros cobrados de atraso da fatura. Além disso, quando o indivíduo paga menos do que o valor total da fatura e não realiza um acordo de parcelamento, ele entra no crédito rotativo. O crédito rotativo é cobrado em cima do valor acumulado que não foi pago, do mês anterior.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como Funciona um Cartão de Crédito? Entenda Tudo Antes de Começar a Usar

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.