Quitar dívida dá desconto? Veja como negociar

Manter suas contas em dia é muito importante para que seu nome não fique sujo e que não fique extremamente endividado. Caso esteja passando por uma situação como esta, há formas de quitar suas dívidas e ainda receber um desconto.

Saiba exatamente como proceder para quitar todas as suas pendências financeiras e ainda conseguir um desconto para regularizar seu nome. Coloque as dicas em prática e tenha um controle financeiro maior.

De modo geral, os bancos ou instituições financeiras possuem metas de cobrança, desta forma, precisam negociar as dívidas com clientes inadimplentes que não conseguem pagar suas dívidas nos prazos corretos e é aí que o cliente pode aproveitar.

Ofertas

Para motivar o pagamento, eles oferecem ofertas e possibilidades facilitadoras do pagamento. Rapidamente o cliente acaba aceitando a proposta, sem muita análise, porque tem medo das consequências e deseja limpar seu nome rapidamente.

Mas, talvez você não saiba, mas eles não terão seu dinheiro se não decidir pagá-los. Fique calmo! A princípio, analise sua situação, tenha plena consciência do que está devendo e de como pode pagar por isso.

É claro que inicialmente não conseguirá um grande desconto, como 100% dos juros, mas é possível chegar em um valor mínimo, apenas com diálogo e negociação.

Desconto

negocie dividas para desconto

Pense em suas condições e negocie a dívida com o banco para descontos

Deixe claro ao banco ou instituição financeira que você irá priorizar o pagamento daqueles que oferecem os melhores descontos nos juros, e que não há problemas em continuar com o nome sujo.

Encontre-se com os cobradores e discuta as propostas. As primeiras reuniões sempre serão com valores inteiros e juros 100%, mas, com o passar do tempo, eles tendem a ceder mais para o cliente e oferecerem descontos imperdíveis.

Apresente a instituição ou banco as condições de pagamento que são possíveis para você, como por exemplo, o valor máximo que pode pagar em cada parcela; o desconto que necessita para que o pagamento seja à vista; as condições de pagamento necessário para que quite a dívida imediatamente; as garantias desejadas para que a instituição ou banco cumpra todas as condições acordadas.

Cuidado

Caso seja aceito a sua negociação, é importante que cumpra os prazos para que não aconteça novos problemas e dívidas. Anote todas as negociações e encaminhe por e-mail como prova.

Também não espere muito para resolver suas situações financeiras. Ter o nome sujo pode impedi-lo de realizar empréstimos, fazer novos cartões, entre outras situações. Há empresas que checam essas informações antes de uma contratação, portanto, fique esperto.

Organize-se ao máximo para que não necessite negociar dívidas. O ideal é que consiga realizar o pagamento na data correta, de forma que não acumule contas e você se perca completamente em dívidas.

Controle

Uma boa forma de controlar suas despesas é possuir uma planilha com as informações básicas. O valor total do documento, uma descrição, e a data de vencimento. Você pode optar ainda por adicionar o pagamento mínimo, para controle.

Há diversos aplicativos para celular que podem ser usados para avisá-lo quando estiver próximo da data de pagamento de um boleto, assim, já organizar suas despesas e reserva o dinheiro para o pagamento.

Caso, inicialmente perceba que não conseguirá realizar o pagamento integral, procure o banco ou instituição financeira e explique a sua situação. Ter clareza é uma grande diferencial e poderá livrá-lo de situações desagradáveis, como cobranças e nome sujo.

Se já estiver enfrentando uma situação assim, coloque nossas dicas em prática e tenha um controle financeiro maior, evitando que aumentem ainda mais os juros e que seu nome continue sujo.

Negocie suas dívidas, faça uma proposta condizente e cumpra com sua palavra, para que não tenha novos problemas com o banco ou instituição financeira.


RSS por email

Deixe sua opinião “Quitar dívida dá desconto? Veja como negociar

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.