Como fazer um consignado Caixa: Simulação e taxas

Os brasileiros possuem sempre uma solução rápida para situações de dívidas, seja por meio de uma poupança para emergências ou através de um empréstimo consignado. Umas das melhores opções de empréstimos que há no mercado é o consignado Caixa.

A Caixa Econômica Federal é um dos bancos mais utilizados no país e os seus programas de disponibilização de crédito sempre estão entre os mais solicitados. Entretanto, antes de ir até a agência mais próxima, é preciso ver o quais são as vantagens e desvantagens desse programa oferecido pela instituição financeira,

Consignado Caixa, o que é?

O empréstimo consignado é um dos tipos de programas de crédito muito utilizados no Brasil, principalmente por conta da forma de pagamento, que é o famoso “desconto em folha”. Ou seja, ao invés do solicitante ter que disponibilizar dinheiro para  ir até uma agência, lotérica ou caixa eletrônico para pagar, todo o mês, um boleto, o valor das parcelas já vem descontado no holerite.

Isso quer dizer que, quando há os descontos no salário do funcionário, é acrescido nesses descontos do contracheque as parcelas de pagamento do empréstimo. Esse tipo de programa de crédito também é muito utilizado por pensionistas e aposentados que têm renda garantida.

Por conta disso, essa modalidade de crédito apresenta valores de taxas e juros inferiores em relação aos outros tipos de carteiras de crédito, pois a empresa financeira tem maior segurança de que as parcelas serão pagas ao fornecer os valores solicitados.

consignado

O consignado Caixa pode ter facilidades, mas é preciso fazer as contas se 30% de sua renda não será alto

No consignado Caixa, existem alguns limites em seus contratos. O limite imposto pelo banco não estão relacionados ao valor máximo de crédito que pode ser obtido pelo contratante do serviço, mas sim, em relação as parcelas que são pagas mensalmente.

O banco não permite que o valor da prestação seja superior a 30% do salário, aposentadoria ou pensão do solicitante. Ou seja, se a pessoa que pediu o crédito recebe R$1.000,00, ela possui um limite de desconto em folha de R$300,00 por mês.

Caso o total do empréstimo seja muito alto, será necessário prolongar a quantidade de parcelas e de meses para efetuar o pagamento do crédito, evitando que o teto dos 30% da renda. Essa é uma das medidas impostas pelo governo e que a Caixa Econômica Federal possui para evitar que o cliente comprometa toda sua renda com o empréstimo.

Taxas de juros

O consignado Caixa possui taxas de juros pré-estabelecidas pela instituição financeira. Elas não são fixas e variam de acordo com cada tipo de solicitante. Para os aposentados e pensionista do INSS, o banco trabalha com juros de 2,12% ao mês e 28,56% ao ano.

Os funcionários de órgãos e serviços dos setores públicos as taxas são de 1,94% por mês e 25,94% por ano. E para os empregados de empresas privadas parceiras da Caixa, as taxas de juros são de 2,85% ao mês e 40,06% ao ano.

Simulação do consignado

Por fim, antes de solicitar um empréstimo consignado, independentemente de qual seja a instituição de crédito ou banco escolhido, é preciso fazer a simulação. Por meio dessa simulação, é possível saber os valores que serão pagos para cada parcela.

Basta saber o valor total do empréstimo, ver quais são os juros aplicados a sua condição (funcionário público, privado ou aposentado e pensionista do INSS), e a quantidade de meses em que se pretende pagar pelo empréstimo.

Por exemplo, um aposentado que quer pegar R$5.000,00 de empréstimo consignado no banco e pretende efetuar o pagamento em dez meses. A parcela de juros é de 2,12% ao mês. Sendo assim, o solicitante terá que pagar R$560,13 por mês.

Isso quer dizer que, durante dez meses, essa parte da renda será voltada para as parcela, referente ao empréstimo consignado Caixa, que já vem descontado do contracheque.

Não há uma ferramenta de simulação própria da Caixa, mas todas as informações sobre o Consignado estão aqui.

 


RSS por email

Deixe sua opinião “Como fazer um consignado Caixa: Simulação e taxas

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.