Como usar o Sistema de Pagamento Mobile Apple Pay?

Se você acha que usar o telefone para pagar contas é coisa distante, já entramos em uma realidade em que estas situações são decorrentes. A ideia é que os dispositivos possam substituir completamente os cartões e dinheiro físico, utilizando apenas a internet e o Touch ID. Muitos estabelecimentos comerciais possuem o credenciamento na máquina. Assim, o cliente pode apenas aproximar seu celular do dispositivo e a antena NFC realiza todo o trâmite.

Neste post iremos explicar como se utiliza, benefícios e mais informações sobre o sistema foi lançado em 20 de outubro de 2014. Pode-se realizar pagamentos por meio do IPhone 6 em diante, nos IPad de 2017 e 2018, IPad Pro, IPad Air 2, IPad Mini 3, IPad Mini 4, todos que tenham o IOS atualizado a partir do 11.2.

Como Funciona o Sistema Apple Pay?

Vamos supor que você entre numa loja para comprar um livro. Na hora de pagar, você supostamente precisará de um cartão ou dinheiro, certo? Não se você usar o Apple Pay. Nesse momento, o que você mostrará no caixa é o seu aparelho de telefone. A loja, devidamente credenciada, contará com um leitor, que reconhecerá seu dispositivo para possibilitar a transação.

O sistema usa uma antena NFC (Near Field Communitacion), que garante a troca de dados sem fios. Nos novos aparelhos da Apple, o botão “home” é um sensor biométrico, abrindo mão da necessidade de senha para finalizar a compra. A transação toda é feita somente aproximando o iPhone do sensor. O sistema é integrado com o aplicativo Passbook, que permite o armazenamento de cartões de crédito e débito. O comprador escolhe qual é a forma de pagamento desejada, aproxima seu aparelho do leitor e, em poucos segundos, recebe a notificação de que a compra foi realizada.

apple pay nfc

Fique atento a estes símbolos na hora de pagar suas compras com Apple Pay

O Apple Pay funciona junto ao aplicativo Wallet. Este último armazena cartões de embarque, tíquetes e cupons, que pode ser utilizado a partir do IOS 7. Assim, pode-se utilizar também, além do sistema de pagamento online, cartões de crédito e débito. Para cadastrar o cartão necessita tirar uma foto do cartão com a câmera traseira ou inserir as informações manualmente.

Sempre que se faz um pagamento, a Apple cria um código único que expira após efetivada a transação. Assim, seus dados nunca serão armazenados no sistema, proporcionando muito mais segurança. São aceitos cartões do Banco do Brasil, Bradesco e Itaú, nas bandeiras Visa e Mastercard. Para adicionar novos cartões no Wallet, basta clicar no símbolo “+”. Utilizando tais cartões dos bancos citados, os clientes continuam acumulando pontos.

A Apple Pay possui diversas lojas credenciadas, entre elas o Pão de Açúcar, Carrefour, Sephora e Tok&Stok. Além disso, diversos sites e aplicativos também disponibilizam sua plataforma para compras com o sistema de pagamento digital, como o Ifood e o Sympla.

Ademais, caso você possua um negócio e tem interesse de trabalhar com o Apple Pay, saiba que é muito simples utilizar e adquirir. Para passar a aceitar o Apple Pay, seu comércio deve já estar equipado com a tecnologia contactless, ou seja, um dispositivo que aceite pagamento sem o necessitar do contato de cartões físicos. Assim, basta entrar em contato com sua prestadora de serviço e solicitar a configuração do terminal para este propósito.

O pagamento utilizando o terminal, ou seja, as máquinas de cartão, são consideradas transações com cartão, mesmo não ocorrendo a apresentação física deste. Já o pagamento por Apple Pay feito em aplicativos ou sites são tomados como transações sem o cartão.

Feito todo este processo, informe os clientes que o estabelecimento aceita Apple Pay. Utilize os símbolos para indicar o aceite, faça download da marca para usar no site do estabelecimento, peça adesivos para afixar no caixa ou vitrines e adicione o Apple Pay às suas informações dos mapas.

Atualmente, além do Apple Pay existem outras opções no mercado que possibilitam o pagamento por meio do modo contactless. O Samsung Pay e o Google Pay realizam este mesmo serviço. Alguns contras da utilização do Apple Pay em detrimento dos outros aplicativos é que ele somente é aceito em alguns aparelhos da Apple e em máquinas que possuam NFC. O Samsung Pay, por exemplo, apesar de ser mais devagar que os dois outros aplicativos, é aceito em máquinas com as tecnologias MST (Magnetic Secure Transmission) e NFC. O Google Pay funciona em mais aparelhos do que o Apple e Samsung Pay. Cabe ao cliente e comerciante optar pelo meio que o melhor lhe atende, levando em consideração os aparelhos que serão utilizados.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como usar o Sistema de Pagamento Mobile Apple Pay?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.