Qual a Diferença Entre Títulos, Convênios e Boletos? Qual Escolher no Pagamento?

Hoje em dia, os indivíduos podem pagar as suas contas por aplicativos, Internet Banking e até mesmo nos caixas eletrônicos. Porém, para que isto seja feito, é preciso que eles entendam o que estão pagando e qual o tipo de documento que está em suas mãos. Comumente, quando recebe-se uma cobrança com um código de barras, tende-se a achar que é um boleto, por ser a forma mais comum e popular. Entretanto, este documento de cobrança pode também ser um título ou um convênio.

Os boletos são emitidos pelos bancos, e eles podem ser usados para cobrar o cartão de crédito,  produtos, mensalidades, etc. Já os títulos e os convênios são emitidos pelas próprias prestadoras de serviços, sendo utilizados para a cobrança de água, luz, internet, dentre outros serviços fixos mensais. Pode-se diferenciar estas duas formas de cobrança por meio dos códigos de barras.

Boletos x Títulos e Convênios

Hoje em dia, as empresas e os autônomos podem optar por diversas formas de cobrança para receberem os valores referentes aos seus serviços ou produtos. Tem-se como exemplo os links de pagamentos, QR Codes, boletos, títulos e convênios. Porém, é preciso que os indivíduos que recebam estas cobranças saibam diferencia-las, para realizar os pagamentos de forma correta.

É importante, principalmente, que os indivíduos saibam diferenciar os convênios e títulos dos boletos, pois é preciso selecionar qual documento será utilizado, na hora do pagamento. Abaixo, saiba quais são as diferenças entre os boletos, títulos e convênios.

Saiba diferenciar os títulos, convênios e boletos

A conta de luz é um convênio, pois é um documento emitido pela própria concessionária e cujo o código de barras possui apenas 4 campos de inserção de algarismos.

Boletos

Os boletos bancários são documentos, como o nome indica, emitidos pelos bancos. Eles servem para realizar a cobrança de produtos ou serviços. Este instrumento permite o pagamento de valores por da leitura dos códigos de barras, que são emitidos nos documentos.

A padronização dos boletos é regulada pela Federação Brasileira dos Bancos, também chamada de Febraban. As informações disponíveis nos boletos são o banco responsável pela cobrança e que creditará o valor na conta do beneficiário, o beneficiário, o indivíduo que irá pagar a quantia, o valor do documento, a data de vencimento e o código de barras.

Ademais, os boletos possuem uma data de vencimento preestabelecida, que deve ser respeitada. Caso o indivíduo pague o boleto após a data estabelecida, são cobrados juros, que são acrescidos ao valor original, na emissão de um novo documento. Comumente, os números referentes aos juros estarão na descrição do boleto.

E, este documentos podem ser pagos em quaisquer estabelecimentos conveniados, conforme indicados na própria folha. Também, por meio do Internet Banking e aplicativos. Ademais, os boletos possuem uma data de vencimento preestabelecida, que deve ser respeitada. Caso o indivíduo pague o boleto após a data estabelecida, são cobrados juros, que são acrescidos ao valor original, na emissão de um novo documento.

Os códigos dos boletos possuem 46 algarismos distribuídos em 5 campos, e um único caractere isolado. Veja abaixo a sua configuração:

12345.12345  12345.123456  12345.123456  1  12345678912345

Títulos e Convênios

Os títulos e convênios também possuem códigos de barras, mas, diferentemente dos boletos, são documentos utilizados para cobrar serviços fixos, como fornecimento de água, energia, telefone e televisão fechada. Logo, estes instrumentos de cobranças são emitidos pelas próprias empresas prestadoras destes serviços. Os títulos e convênios são popularmente conhecidos como contas.

Ainda, outra diferença relativa aos títulos e convênios é a cobrança de juros apenas no próximo documento. Enquanto nos boletos estes são cobrados imediatamente, nestes documentos os juros relativos à conta anterior só incide na próxima, sendo um acréscimo de valor.

A principal característica que diferencia os boletos dos os títulos e convênios são os códigos de barras. Enquanto o primeiro possui 5 campos de inserção e 47 algarismos, ao todo, os segundos possuem 4 sequências e 48 caracteres. Veja um exemplo abaixo:

12345678912-3  12345678912-3  12345678912-3 12345678912-3


RSS por email

Deixe sua opinião “Qual a Diferença Entre Títulos, Convênios e Boletos? Qual Escolher no Pagamento?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.