Muitas pessoas, principalmente os mais jovens, ficam em dúvida quando o assunto é alugar ou financiar um imóvel. Ter a casa própria é o sonho de quase todos, porém, não é todo mundo que têm dinheiro suficiente para comprar um imóvel à vista. É nessa hora que surge a dúvida: fazer um financiamento de 80% do valor do imóvel ou pagar aluguel e economizar para no futuro, comprar uma casa à vista?

Antes de tomar a decisão é preciso avaliar vários pontos, entre eles, a taxa de juros cobrada no financiamento e o valor das prestações, sem esquecer de custos adicionais como condomínio e IPTU. Muita coisa deve ser ponderada.

Veja o exemplo abaixo:

Se você deseja comprar um imóvel de R$ 300.000,00 financiado em 240 meses, ou seja, 20 anos. O valor das prestações será de R$ 2.149,29, com juros de 0,50% ao mês. Se preferir pagar um aluguel de R$ 1.500,00, conseguirá economizar R$ 649,29 ao mês. Investindo o valor economizado, com os mesmos juros de 0,50% ao mês, ao fim de 20 anos você teria os R$ 300.000,00 para comprar a casa à vista. Nesse exemplo, comprar um imóvel financiado ou alugar uma casa para comprar depois à vista, daria no mesmo.

No exemplo acima, tanto faz, financeiramente, alugar ou financiar um imóvel. Mas se o valor do aluguel for menor, no fim das contas, vale mais a pena alugar e esperar alguns anos para comprar a casa própria. Entretanto, morar no que é seu e investir o dinheiro disponível, no seu próprio imóvel não é uma má ideia, mas que isso seja sinônimo de pagar juros.

Lembrando que o mais importante antes de qualquer investimento é planejar. Faça suas contas, de acordo com o valor do imóvel desejado, os juros cobrados pelo financiamento e o valor do aluguel de um imóvel que seja confortável e de acordo com o padrão de vida da família. No site MaisDinheiro, você pode fazer uma simulação gratuita.

alugar ou financiar um imóvel
Alugar ou Financiar um Imóvel?

Aluguel x Financiamento: Vantagens e Desvantagens

Vantagens do Aluguel: Quem opta por pagar aluguel tem entre outras vantagens a flexibilidade de morar onde quiser e se mudar facilmente sem grandes custos. Quando aparecer uma oferta de emprego, por exemplo, o funcionário pode se mudar de casa sempre que for necessário, podendo ficar cada vez mais próximo do emprego.

Outra opção é a flexibilidade para lidar com o preço do aluguel. Se a situação apertar é sempre possível alugar um imóvel mais barato. Se a situação melhorar é possível mudar para uma casa melhor. Lembrando que pagando um aluguel barato é possível economizar muito dinheiro e adquirir a casa própria mais rapidamente.

Desvantagens do Aluguel: Quando o imóvel é alugado o inquilino acaba gastando com manutenção em um imóvel que não é seu. Outro fator que deve ser ressaltado é falta de liberdade para fazer reformas e liberdades para deixar o ambiente agradável.

Além disso, o proprietário pode pedir a entrega do imóvel, mesmo que você não tenha a intenção de sair, colocando o inquilino em apuros. Vale lembrar que aluguel sofre reajuste anual, o que pode ser comparado a correção de juros de um imóvel comprado.

Vantagens do Financiamento: Quem compra um imóvel, está livre para fazer qualquer reforma de acordo com a sua vontade, podendo coloca-lo da maneira que o comprador desejar. Além disso, o proprietário não corre o risco de ter o seu imóvel requerido pelo locatário.

Outro benefício é a valorização do imóvel que acontece com o passar do tempo, devido a melhoria da infraestrutura do bairro em que o imóvel está localizado ou mesmo nas redondezas. Sem falar que morar em algo seu gera um sentimento de “meu lar” melhor do que a sensação de quando ainda se está morando de aluguel. Por isso, investir em imóvel é uma excelente opção, mas requer disciplina financeira para administrar as parcelas.

Desvantagens do Financiamento: Quando o imóvel ainda não está quitado ele ainda pertence a instituição financeira que viabilizou o financiamento até que ele seja quitado por completo.

Ainda ficará difícil de se fazer mudanças em casos de troca de emprego, por exemplo, e pode ser que fatores externos venham a desvalorizar o imóvel. O imóvel financiado custa mais caro que o imóvel comprado à vista, devido às correções e juros pagos ao longo dos anos. O comprador ainda terá que arcar com reformas maiores, imprevistos e melhorias no imóvel. Lembrando que para investir em um imóvel é importante se restringir a 30% do valor da sua renda para comprometer com o investimento do imóvel.

Veja mais um simulador da FipeZap, onde você pode comparar os valores e tirar suas conclusões sobre o valor do aluguel ou financiamento.