Como funciona o Aniversário da Poupança: Saiba como lucrar mais

Por ser uma das formas de investimento mais simples e por não ter o risco de perder dinheiro com variações negativas, a poupança é muito usada pelos brasileiros. Porém, é importante saber investir ou sua poupança funcionará como guardar dinheiro embaixo do colchão e você não terá nenhum lucro. Lembre-se que dinheiro sem rendimento ou com taxas de juros abaixo da inflação perdem valor. Então, qual o segredo para usar a poupança corretamente?

O principal deles é ficar atento a detalhes do extrato da caderneta de poupança. Independente do banco, a expressão “aniversário da poupança”, por exemplo, segue uma regra padrão para contar a data em que o valor aplicado na poupança irá ter rendimento.

Inclusive, a maioria dos bancos já trabalham com um sistema inteligente, em que são criadas várias datas de aniversários relativas a cada depósito individual. Este sistema chamado de multi-data facilita a vida do investidor, pois ele terá vários aniversários distintos e o resgate será sempre daquele que estiver mais distante de fazer aniversário.

Abaixo vamos explicar como funcionam estas datas de aniversário com base na Cartilha do Banco do Brasil.

O que é Aniversário da Poupança?

A cada depósito na conta poupança é criada, automaticamente, uma nova data base que se torna referência para a remuneração mensal da sua conta. Isso quer dizer que o depósito efetuado no dia 15, por exemplo, renderá um novo rendimento a ser acrescido no valor total da poupança, no dia 15 do mês seguinte.

Em casos especiais como sábado, domingo e feriado, a data base é transferida para o primeiro dia útil subsequente e o valor incorporado ao saldo da data base (que continuará sendo o mesmo). Quando se trata de fim de mês, nos dias 29, 30 e 31 – o próprio sistema define como data base o dia primeiro do mês seguinte devido à variação do calendário. Para facilitar a criação dessas datas os bancos já contam com um sistema automático de criação dos aniversário da poupança, que são as datas em que há a remuneração da sua conta.

É importante se organizar e trabalhar o calendário de investimento ao seu favor. Caso tenha que retirar dinheiro das suas aplicações, o saque deve corresponder ao aniversário da poupança ou ao depósito mais recente efetuado. O mesmo vale para o resgate total da poupança: sempre que possível, aguarde o dia do aniversário para rendimento cair em sua conta.

 

Como é feito o Resgate da Poupança?

A poupança permite saques antes de seu aniversário pois é característica da poupança a liquidez diária, isto é, seu dinheiro aplicado estará disponível a qualquer momento em que precisar dele. Mas estes saques frequentes acabam por gerar rendimentos menores ao final do período, já que não são aplicados juros sobre valores sacados antes da data base.

Caso o cliente saque um valor maior que o saldo de uma determinada data base, o débito ocorrerá nas datas anteriores mais próximas, preservando a rentabilidade das datas base que ainda não fizeram aniversário, mas poderão ter rendimentos em breve.

Por exemplo: caso o cliente resolva sacar R$ 1.200,00, no dia 12 (de qualquer mês), da sua conta poupança que possua um saldo de R$ 5.370,00, o sistema agirá de forma automática retirando o saldo da(s) data(s) base anterior(es) mais próxima(s) ao dia do saque.

Cofre de Porquinho. Como lucrar com o aniversário da poupança.

Aprenda a lucrar com o aniversário da poupança

Quanto Rende?

Você deve estar se perguntando, ao ler esta matéria, o quanto terá de rendimento no dia do aniversário da sua poupança. Como um investimento de renda fixa, nós sabemos de antemão quais as taxas que devem ser remunerados os depósitos feitos na poupança. Eles ocorrem da seguinte forma:

Depósitos anteriores a 03/05/2012: chamada de regra antiga, o rendimento é fixado em 0,5% ao mês acrescido da TR (uma taxa oficial que oscila diariamente)
Depósitos efetuados após 04/05/2012: com a nova regra, o rendimento da poupança está atrelado à SELIC, a taxa básica de juros da nossa economia. Assim, sempre que a SELIC for inferior a 8,5% ao ano, a poupança renderá 70% da SELIC. Se a taxa estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento será feito como a regra antiga.

Lembre-se sempre que a poupança é uma forma de investimento, mas nem de longe é a melhor alternativa para formação de patrimônio. Existem títulos e ações que renderão melhor no longo prazo. A poupança funcionará muito bem como uma reserva de emergência ou investimento de curto prazo.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como funciona o Aniversário da Poupança: Saiba como lucrar mais

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.