O que é e como funciona um Cartão Fidelidade?

Hoje em dia está cada vez mais comum o uso de cartões para pagar por produtos e serviços. É mais fácil, prático e seguro, isto se o cliente souber usar o cartão a seu favor, sem se endividar. Outra vantagem de se usar os cartões para pagar por compras e contas, são os Programas de Recompensas, que a maioria dos bancos oferece. Nesses programas, o cliente acumula pontos a cada compra, que podem ser trocados por produtos, serviços e viagens.

E, além dos cartões de crédito, débito e cartões de loja, que oferecem os programas de recompensas, hoje em dia estão fazendo muito sucesso os Cartões Fidelidade, que são oferecidos por estabelecimentos a fim de fidelizar seus clientes. Esses cartões funcionam, na maioria das vezes, como um acúmulo de bônus. Exemplo: em uma barraquinha de cachorro-quente, o cliente ganha um cartão, e a cada cachorro-quente comprado ele ganha um ponto. Ao final da soma de 10 pontos, ele ganha um cachorro-quente, ou seja, comprando 10 cachorros-quentes, o décimo primeiro sairá de graça.

Esses cartões estão sendo oferecidos por estabelecimentos de diferentes segmentos, de barraquinhas de cachorro-quente a grandes lojas de roupas, perfumes e acessórios. A Boticário, por exemplo, possui um cartão fidelidade onde cada R$ 1,00 gasto equivale a 1 ponto acumulado. Depois de 100 pontos acumulados, o cliente já pode trocar por descontos nas compras de novos produtos.

Cuidados com o Cartão Fidelidade

A finalidade desses cartões é garantir que seus clientes não abandonem a marca ou empresa, ou seja, com um cartão fidelidade da TAM na carteira, dificilmente o consumidor viajará por outra companhia aérea. Mas os especialistas alertam para a pesquisa de preços. Muitas vezes, o cliente paga a mais pelo mesmo serviço, para obter vantagens em Programas de Fidelidade. Pesquise bem os preços. Você só está tendo vantagem se não estiver pagando a mais por isso!

Outra dica é ler atentamente o contrato de adesão ao programa de Fidelidade, para ver se não tem nenhuma cobrança de taxa. Se atente a isso, pois às vezes o barato pode sair caro. O propósito principal do cartão fidelidade é reter clientes, e tornar o relacionamento entre empresa e indivíduo algo duradouro e diferenciado. Por isso, o objetivo da loja sempre deve ser a valorização do cliente. Assim, quando for aderir a algum programa de fidelidade, analise se a empresa que o oferece tem este princípio.

Existem três tipos principais de programas de fidelidade. Na modalidade de Coalizão, há a parceria entre várias empresas que oferecem diferentes produtos para serem resgatados. Assim, o consumidor precisa apenas juntar seus pontos, entrar na plataforma online e troca-los pelo que preferir, como eletrônicos, serviços, passagens aéreas, etc. Na coalizão, o cliente precisa sempre fazer compras para conseguir juntar seus pontos, sendo que normalmente estes tem prazo de validade.

cartao fidelidade

Conheça as vantagens dos cartões fidelidade

No sistema de Cashback, muito comum no Brasil atualmente, o cliente, ao invés de acumular pontos pelas compras, recebe parte do seu dinheiro de volta. Por exemplo, você vai até uma loja filiada e gasta um quantia de R$50. Se seu programa de Cashback for de 10%, você irá receber R$5 de volta.

Já no modelo Personalizado, eles são próprios de cada empresa, individuais. Assim, elas oferecem seus serviços. Por exemplo, você pode se tornar fidelizado de uma companhia aérea, que a cada quantia determinada de milhas, você ganha uma passagem gratuita, ou um upgrade de classe. Em supermercados, eles costumam oferecer um voucher de compra a cada quantia utilizada, ou um cartão de adesão ás promoções da loja. A vantagem deste programa é que as promoções costumam ser maiores.

Temos o exemplo de fidelidade da Multiplus. No programa, que tem diversas empresas filiadas, você tem diversos benefícios e acesso a várias promoções. Se comprar com cartões de crédito do Itaucard, Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa, dentre outros, você acumula pontos que podem ser trocados por pontos Multiplos. Algumas lojas como Magazine Luiza, Submarino e Netshoes também oferecem a opção de acúmulo de pontos. Bom, estes podem ser trocados por passagens aéreas, hospedagem, aluguel de carros, seguro viagem, dentre outros produtos e serviços.

Caso você não seja um cliente e sim um empreendedor, e está com o objetivo de implementar o sistema de fidelidade no seu estabelecimento, saiba que antes você deve analisar alguns aspectos. Primeiro, defina o que você quer conquistar com este programa. São novos clientes? Mais renda? Reconhecimento da sua marca? Quer que os clientes passem a ser mais recorrentes e não só visitem seu estabelecimento uma vez? Estabelecendo seu objetivo, você conseguirá determinar por onde começará a desenvolver sua proposta, seja com um atendimento diferenciado ou com promoções.

Não se pode esquecer que o perfil de seu cliente deve ser analisado para que você tenha mais sucesso no seu programa fidelidade. Assim, você saberá se seu cliente é de classe alta, baixa ou média, se ele faz compras casuais ou não, dentre outros aspectos. Com isso, você também conseguirá determinar qual sua premiação, sendo esta a que melhor atende seus clientes. Ademais, preste bem atenção às regras que irá propor, pois elas devem ser bem claras.


RSS por email

Deixe sua opinião “O que é e como funciona um Cartão Fidelidade?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.