Como Autônomo Pode Comprovar Rendimentos?

Com certeza, a comprovação de renda para um autônomo é mais difícil do que para quem trabalha com vínculo empregatício ou possui carteira assinada. Porém, este processo não é muito mais complicado, basta possuir documentos que atestem a sua renda. Isto é necessário para quem deseja obter um financiamento, por exemplo.

O passo mais importante para comprovação de autônomos é obter uma conta-corrente para depositar toda a sua renda nela, por no mínimo seis meses. Isso porque um dos documentos mais aceitos para a comprovação de renda é o extrato bancário, junto à declaração de Imposto de Renda. Porém, existem outros documentos aceitos. Abaixo iremos falar mais sobre como realizar a comprovação de renda de forma correta.

Comprovação de renda para autônomos

Apesar da comprovação de renda para autônomos necessitar de mais documentos do que a comprovação para pessoas com vínculos empregatícios, ela é possível e relativamente fácil de se realizar. E, é preciso mencionar que a neste processo para autônomos, deve-se haver um organização da renda, para que comprovação seja feita de forma correta.

Abaixo, iremos falar mais sobre cada documento que pode ser utilizado na comprovação de renda. Apesar do extrato bancário ser o mais utilizado, outros também servem para este mesmo propósito.

Extrato bancário pode ser utilizado para a comprovação de renda.

O extrato bancário de até seis meses de sua conta pode ser utilizado para comprovação de renda.

Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE): Este documento é emitido por contadores habilitados, e é conhecido como “declaração de renda”. Especialmente, a DECORE é utilizada em trâmites financeiros, como obtenção de financiamentos ou compra de bens. Ademais, o DECORE é elaborado por um profissional regular diante do CRC (Conselho Regional de Contabilidade).

Se for elaborado um Livro Caixa, sua DECORE pode ser emitida pela internet, utilizando o site do CRC do registro original do contador.

Extrato Bancário: O extrato bancário é o documento mais utilizado para comprovação de renda, pois ele é uma afirmação dos faturamentos do profissional autônomo.

É recomendado que qualquer profissional autônomo abra uma conta-corrente e deposite nela toda a sua renda, de forma a registrar este faturamento. A validação deste extrato bancário é feita em contas com mais de seis meses de movimentação, mas quanto mais antiga é a conta, maior a credibilidade.

Por isso, assim que se tornar um profissional autônomo, faça a abertura de uma conta-corrente no seu banco de preferência. É recomendado procurar por bancos que possuam custos de manutenção de conta menores, e tarifas inexistentes ou abaixo do mercado. Comumente, os bancos digitais oferecem contas digitais mais em conta para os profissionais autônomos.

Imposto de Renda: O IR é o imposto calculado mediante a declaração dos cidadãos ao governo de seus gastos e ganhos. Então, o Imposto de Renda, por ser um documento supostamente verdadeiro e possuir toda a declaração de renda do indivíduo, também pode ser utilizado para comprovação.

Porém, a Declaração de Imposto de Renda deve ser apresentada junto ao extrato bancário. Isso porque, como o IR é um imposto pago anualmente e se refere às rendas do ano anterior, ele pode ser considerado defasado para comprovação de renda.

Contratos de serviços prestados: Apesar destes documentos serem pouco aceitos sozinhos para comprovar renda, eles podem ser apresentados junto com o extrato da conta bancária. Caso você seja um trabalhar freelancer e trabalhe com contratos e recibos, é recomendado guardar estes documentos caso queira utiliza-los posteriormente para comprovação de renda.

Cadastro Positivo

Caso você deseje realizar a comprovação de renda para obter um financiamento, aluguel ou algum serviço semelhante, com análise de crédito, se atente para o Cadastro Positivo. Como as regras do Cadastro modificaram a partir de 2019, não é necessário que o indivíduo faça o seu registro no banco de dados.

Porém, é importante que o autônomo que deseje a comprovação de renda e aprovação de financiamento não cancele o seu cadastro, nem peça que seus dados sejam retirados do sistema. O Cadastro Positivo server para atestar quais são os clientes que estão com suas contas em dia, e isso é benéfico para o autônomo.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como Autônomo Pode Comprovar Rendimentos?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.