Como Consultar Todas Suas Dívidas e Financiamentos pelo Registrato?

É necessário que tenhamos controle da nossa vida financeira, para que saibamos como utilizar os rendimentos da melhor forma possível. Porém, algumas pessoas perdem este controle, após adquirirem dívidas, empréstimos e financiamentos. E, logo, esta situação vira uma bola de neve, se estendendo até que o indivíduo tenha a atitude de organizar as suas finanças. Ainda, as dívidas podem ocorrer com a criação de contas bancárias e depois a sua inatividade, sem o cancelamento destes cadastros.

Para facilitar este processo de organização financeira, existe o Registrato. O Registrato é um programa que possibilita as pessoas de consultarem gratuitamente suas dívidas, operações de câmbio contas bancárias e outros relacionamentos com os bancos. Para acessar este programa, basta entrar no site do Banco Central. É necessário, no primeiro acesso, realizar o credenciamento.

Como usar o Registrato?

Por meio do Registrato, pode-se consultar informações sobre empréstimos, financiamentos e outras modalidades de crédito, acima de R$ 200,00 (duzentos reais), em cada instituição financeira e a relação de instituições financeiras com as quais o cliente possui algum relacionamento (como conta corrente, poupança e investimentos).

Ademais, o programa pode ser utilizado para emitir a Certidão Negativa de Relacionamento com o Sistema Financeiro, caso não tenha relacionamento com nenhum banco, e obter informações de operações de câmbio e de transferências internacionais vinculadas a um CPF ou a um CNPJ.

Saiba como utilizar o Registrato

O Registrato pode ser utilizado para consultar dívidas, contas bancárias, empréstimos e financiamentos.

Como fazer o cadastro?

Caso você já tenha utilizado o Registrato, basta clicar em “Acessar o Registrato”. Entretanto, se este for o seu primeiro acesso, selecione “Sou Pessoa Física” ou “Sou Pessoa Jurídica”. Esta opção depende se será cadastrado um CPF ou CNPJ.

Pessoas físicas têm a opção de se credenciarem por meio do Internet Banking, pelo certificado digital, pessoalmente ou via correspondência. Já as pessoas jurídicas, apenas pelo certificado digital, pessoalmente ou correspondência.

Pelo Internet Banking, preencha seus dados e obtenha a frase de segurança. Depois, acesse o Internet Banking pelo computador, selecione a opção “Registrato – validação da frase de segurança”, valide a frase conforme as instruções dadas a você e conclua o credenciamento.

Por meio do certificado digital, insira um  token, e-CNJP ou e-CPF tipo A3, no seu computador para comprovar sua identidade. Depois, é preciso preencher os dados requeridos para obter a senha de acesso. Após isso, pode-se concluir o credenciamento.

As outras formas de credenciamento, disponíveis tanto para pessoas jurídicas quanto físicas, são pessoalmente ou por correspondência. O atendimento presencial é de segunda a sexta, das 10h às 16h, e para saber qual o local mais perto de você basta entrar no site. Nesta página também é possível ter acesso aos telefones de contato.

Para o atendimento presencial, deve-se levar documentos originais com cópia simples ou as cópias dos documentos autenticadas em cartório, de acordo com o perfil do requerente. Por exemplo, para quem quer acessar os seus próprios dados é solicitado documento de identificação original com foto, que pode ser RG, carteira de motorista, carteira de trabalho, passaporte, dentre outros, e a respectiva cópia simples.

Já os herdeiros, que queiram saber informações sobre as dívidas ou informações bancárias dos falecidos, devem apresentar documentos diferentes, que são determinados em duas categorias, para herdeiros legítimos e testamentários. Os legítimos devem levar certidão de óbito do falecido, documento de identificação do herdeiro requerente e certidão comprobatória do parentesco entre herdeiro requerente e o falecido, que é dispensado caso os fatos já sejam certificados pela certidão de óbito. Confira todos os documentos para cada perfil no site do Bacen.

Caso queira realizar o credenciamento por correspondência, envie para o Departamento de Atendimento ao Cidadão, cujo endereço você obtém acessando o site, o formulário preenchido e assinado, reconhecido em cartório. Ainda, envie as cópias autenticadas em cartório de seus documentos, conforme seu perfil.

Quais são os tipos de cadastros?

Os relatórios são emitidos pelas instituições financeiras de acordo com o cadastro feito. São três modalidades de cadastro, sobre as quais falaremos abaixo.

Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro – CCS: Este cadastro possui informações sobre os relacionamentos da pessoa física ou da pessoa jurídica com as instituições financeiras com as quais mantém seus ativos ou investimentos, como a conta-corrente e poupança.

Sistema de Informações de Crédito – SCR: Este cadastro contém informações sobre as operações de crédito, como empréstimos e financiamentos, de valor igual ou superior a R$200,00. Devem ser relativos a uma pessoa física ou pessoa jurídica.

Relatório de Operações de Câmbio e Transferências Internacionais: Este cadastro contém informações sobre as operações de câmbio e transferências internacionais, feitas por uma pessoa física ou pessoa jurídica.


RSS por email

Deixe sua opinião “Como Consultar Todas Suas Dívidas e Financiamentos pelo Registrato?

Regras para comentar

Os comentários são moderados e não serão aceitos ou respondidos sem cumprir as regras abaixo:

  1. Leia o artigo e os comentários para saber se sua questão já não foi respondida.
  2. Não respondemos por nenhuma empresa, sendo assim, não enviamos propostas ou damos suporte.
  3. Não faça propaganda.
  4. Comentários mal escritos, com erros e deselegantes, não serão aceitos.
  5. Não divulgue seus dados pessoais, como documentos, telefone, endereço etc, pois eles estarão vulneráveis.